Sexta, 20 de abril de 201820/4/2018
86 9.9458-5206
Muito nublado
22º
26º
31º
Teresina - PI
Erro ao processar!
GIF 728x90 MARÇO 2018
BRASIL
Bandeira amarela deixa conta de luz mais barata em setembro
As tarifas de energia poderão aumentar em até 16,7% caso o modelo de privatização da Eletrobras, escolhido pela equipe econômica do governo, seja confirmado.
Redação
Postada em 26/08/2017 às 08h01 - atualizada em 26/08/2017 às 08h04
Bandeira amarela deixa conta de luz mais barata em setembro

(Imagem: Reprodução/Internet)

A conta de luz vai ficar mais barata em setembro. A Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou, nesta sexta-feira (25/8) que vai trocar a bandeira vermelha, patamar 1, que vigora em agosto, para a sinalização amarela no mês que vem. Com isso, a cobrança extra vai cair de R$ 3 para 2 para cada 100 quilowatts (kWh) consumidos.


O órgão regulador justificou a alteração com base na melhora das condições hidrológicas nas regiões Sul e Sudeste, onde houve mais chuva do que esperado. "Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação é de R$ 411,92/MWh, o que determinou a redução da bandeira vermelha para a amarela".


Privatizações 


As tarifas de energia poderão aumentar em até 16,7% caso o modelo de privatização da Eletrobras, escolhido pela equipe econômica do governo, seja confirmado. O alerta é da Aneel e foi enviado ao Ministério de Minas e Energia.


O presidente da Aneel, Romeu Rufino, explicou que a venda a valores de mercado da energia gerada por 14 hidrelétricas antigas da empresa — que hoje operam com preços fixos e mais baixos — seria a responsável pelo potencial aumento de preços. Esse modelo de privatização da Eletrobras, em que a energia produzida pelas usinas passará a ser vendida pelo preço mais alto (a chamada descotização), é a alternativa preferida pelo governo.



Fonte: Correio Braziliense e O Globo 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium