Terça, 21 de novembro de 201721/11/2017
86 9-9444-4488
Claro
25º
36º
37º
Teresina - PI
Erro ao processar!
EMPRESAS DIVERSAS  ATUALIZADO EM 03/08/2017 - SUPERIOR
GERAL
Ministério Público expede recomendação ao prefeito e ao secretário de Saúde de Elesbão Veloso
Também foi determinado que sejam notificados todos os proprietários de terrenos baldios e imóveis fechados.
Redação
Postada em 11/09/2017 às 11h59 - atualizada em 15/09/2017 às 15h06
Ministério Público expede recomendação ao prefeito e ao secretário de Saúde de Elesbão Veloso

Ministério Público do Estado do Piauí (Imagem: Lucas Dias)

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora Francisca Reis, expediu recomendação, no dia 23 de agosto, ao prefeito de Elesbão Veloso, Ronaldo Barbosa, e ao secretário municipal de saúde, devido a necessidade de medidas urgentes no combate à dengue no município.


A promotora explicou que um Relatório de Supervisão realizado pela 7ª Regional de Saúde de Valença no município de Elesbão Veloso, no dia 29 de março de 2017, informou a não constatação de inadequações quanto à execução das ações previstas no Programa Nacional de Controle da Dengue, com o simples registro da captura de duas larvas positivas e do trabalho de 8 agentes como "serviço prestado".


Ela explicou que existe a necessidade e a urgência de se adotarem medidas eficazes e efetivas ao combate e ao controle da dengue, zika e chikungunya e ao seu vetor no município de Elesbão Veloso. Determinou então que o prefeito intensifique a notificação dos casos suspeitos e da sorologia nos pacientes que procuram os postos de saúde, com fiscalização permanente do fluxo de notificação das unidades de saúde das redes pública e privada, ressaltando que, para os casos suspeitos de chikungunya e óbitos suspeitos de dengue, a notificação deve ser imediata.


Também determinou que sejam notificados todos os proprietários de terrenos baldios e imóveis fechados, para realizarem a imediata limpeza e vedação dos locais favoráveis ao surgimento de criadouros do mosquito e para autorizarem o acesso dos agentes de endemias nestes locais.


“A presente recomendação objetiva garantir o direito do cidadão ao efetivo serviço de vigilância epidemiológica, que deverá ser norteado pelo princípio da eficiência da Administração Pública, prevenindo as responsabilidades de natureza civil, administrativa e criminal para a hipótese de explosão epidemiológica decorrente da inércia do Município de Elesbão Veloso”, explicou a promotora.


Fonte: GP1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium