Quarta, 18 de julho de 201818/7/2018
86 9.9458-5206
Claro
22º
33º
35º
Teresina - PI
Erro ao processar!
Diversa empresas 728x90- GIF ATUAL 14-06-2017 - POSIÇÃO 1
ENTRETENIMENTO
Whindersson Nunes doa triciclo adaptado e caso vai parar na Justiça
O dinheiro do triciclo e da moto foram depositados na conta do proprietário da empresa responsável por fazer o triciclo adaptado, no entanto, o veículo nunca foi entregue.
Jessica Kelly
Postada em 05/05/2018 às 20h33
Whindersson Nunes doa triciclo adaptado e caso vai parar na Justiça

Em fevereiro do ano passado, o youtuber piauiense Whindersson Nunes prometeu, em um post no Facebook, um triciclo adaptado ao estudante de engenharia da computação André Nachtigall, que tem paralisia cerebral.


Whindersson cumpriu a promessa e deu o valor correspondente ao triciclo. Já a empresa Honda, também tomou conhecimento do caso e doou o valor relacionado à moto. Ao todo, foram doados R$ 25 mil para que fosse feito o triciclo adaptato.


O dinheiro do triciclo e da moto foram depositados na conta do proprietário da empresa responsável por fazer o triciclo adaptado, no entanto, o veículo nunca foi entregue. "Whindersson e a Honda pagaram a ele tudo direitinho e ele sumiu, mas não imaginava que ele fosse assim”,disse o estudante de 24 anos.


André entrou na Justiça contra a empresa responsável, mas até agora nada foi decidido e ele continua precisando de ajuda para ir a faculdade em uma cadeira de rodas. A assessoria de Whindersson enviou uma nota ao site Uol.


"A NonStop Produções Artísticas, empresa que cuida da carreira do youtuber Whindersson Nunes, lamenta o fato e informa que o artista fez o depósito para a empresa Triciclos Freeway que fabrica a moto adaptada para a cadeira de rodas e que a mesma se comprometeu a ajudar e entregar o produto, porém, depois de inúmeros contatos, essa mesma empresa parou de responder nossa equipe e não cumpriu sua parte no acordo. Informamos também que estamos colaborando para
que esse episódio se solucione o mais rápido possível", diz a nota.


O dono da empresa responsável por fazer o triciclo alegou que estão “atravessando por uma dificuldade”. “Não somos bandidos, mas se deu a entender que temos a intenção de pegar o dinheiro e não entregar isso é uma inverdade. Simplesmente, não tenho condições de devolver.


Estamos atravessando por uma dificuldade, como qualquer microempresa, que foi afetada pelo maldito governo, desde o PT. Estamos imobilizados por falta de capital", argumentou.


FONTE: GP1
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Publicidade

Publicidade

diversas 1
Facebook

Publicidade

Publicidade

nem motos segunda posição

Publicidade

Publicidade

DIVERSAS

Publicidade

Publicidade

Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium