Sábado, 18 de agosto de 201818/8/2018
86 9.9458-5206
Parcialmente nublado
22º
27º
36º
Teresina - PI
Erro ao processar!
EMPRESAS DIVERSA POSIÇÃO 1 - AGOSTO 2018
ECONOMIA
Presidente da Petrobras anuncia redução de 10% no diesel
A redução representa menos R$ 0,26 no litro do diesel.
Jessica Kelly
Postada em 23/05/2018 às 23h08 - atualizada em 23/05/2018 às 23h25
Presidente da Petrobras anuncia redução de 10% no diesel

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou na noite desta quarta-feira (23) a redução de 10% no diesel nas refinarias e disse que vai manter a redução por 15 dias.


A redução representa menos R$ 0,26 no litro do diesel.


"É uma medida de caráter excepcional. Não representa uma mudança de política de preço da empresa", disse Parente em entrevista coletiva. "São 15 dias para que o governo converse com os caminheiros."


Ao justificar a decisão, Parente afirmou que "num momento como esse é importante que as partes tenham é reajam com boa vontade, como a Petrobras fez."


Na terça-feira, Parente se reuniu em Brasília com os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas e Energia, Moreira Franco, e garantiu que a política de reajustes dos preços de combustíveis da empresa não seria alterada.


A subida do preço do combustível nas útimas semanas provocou uma série de manifestações no país. Caminhoneiros bloqueram diversas estradas. Nesta quarta-feira, a manifestação entrou no terceiro dia e alcançou 23 estados do país mais o Distrito Federal.


O movimento nacional dificultou o escoamento e a exportação de diversos produtos e o funcionamento de serviços básicos. Supermercados já reclamavam de desabastecimento. A Infraerou, por exemplo, informou que cinco aeroportos, incluindo Congonhas, tinham combustível suficiente para abastecer as aeronaves somente até esta quarta-feira.


Antes do anúncio da Petrobrás, o governo tinha como principal proposta para acabar com o protesto costurar um acordo com o Congresso Nacional para eliminar um dos tributos que incidem sobre o diesel. A condição era que o Poder Legislativo aprovasse o projeto de reoneração da folha de pagamento das empresas - a votação ainda não tem data confirmada.


Dessa forma, na prática, se Câmara e Senado aprovarem a proposta da reoneração, a União teria aumento nas receitas e, em troca, iria zerar a Cide que incide sobre o diesel. Segundo o Ministério da Fazenda, a atual alíquota do tributo representa R$ 0,05 por litro do diesel.


Temer pediu trégua


Mais cedo, o pesidente Michel Temer pediu "trégua" de dois ou três dias aos caminhoneiros para encontrar uma "solução satisfatória" sobre o preço dos combustíveis.


Durante a fala de Temer com o pedido, uma reunião da Casa Civil com representantes de caminhoneiros ocorria sem sucesso.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Publicidade

Publicidade

diversas 1
Facebook

Publicidade

Publicidade

nem motos segunda posição

Publicidade

Publicidade

DIVERSAS

Publicidade

Publicidade

Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium