Segunda, 15 de outubro de 201815/10/2018
86 9.9458-5206
Trovoadas
24º
30º
32º
Teresina - PI
Erro ao processar!
EMPRESAS DIVERSA POSIÇÃO 1 - AGOSTO 2018
Notícias do Norte do Piauí
Notícias do Norte do Piauí

Colunista da Região Norte do Piauí

POLÍTICA
Ação pode proibir venda da carne de sol em Campo Maior e vereadores repudiam decisão
Medida pode prejudicar economia do município e preocupa vereadores de Campo Maior
Sebastião Silva Neto-Jornalista MTE/DRT-0002001/PI
Postada em 10/06/2018 às 16h48
Ação pode proibir venda da carne de sol em Campo Maior e vereadores repudiam decisão

Medida pode prejudicar economia do município e preocupa vereadores de Campo Maior

Uma ação movida pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) pode proibir a venda da carne de sol em Campo Maior. O Ministério Público entende que o produto fica exposto ao ambiente, não atende as normas de higiene e deu prazo de 30 dias para os comerciantes se adequem as normas exigidas. Para o PROCON, a carne deve ser melhor acondicionada.

 

 Na sessão plenária dessa terça-feira (08/05), os vereadores de Campo Maior se posicionaram contrários ao prazo de 30 dias estabelecidos pelo órgão e alertaram que a ação pode prejudicar a economia do município. Os parlamentares requerem uma prorrogação da data e um diálogo do Ministério Público com os comerciantes.

 

 “É importante que isso aconteça, mas é preciso de um prazo maior. Da forma que querem fazer não é o correto. A linha do Ministério Publico é dura. A qualquer momento pode chegar num desses locais e jogar a carne fora, como disse o promotor numa visita que fizemos ao Ministério Público”,  comentou o vereador Sena Rosa (PSD).

 

Medida pode prejudicar economia do município e preocupa vereadores de Campo MaiorO vereador Hamilton Segundo (PP) classificou a situação como gravíssima e defendeu a união das forças políticas, empresariais e judicial para solucionar o problema. A vereadora Silvia do Caú (PV) lembrou que a carne de sol de Campo Maior é histórica e reconhecida em todo país. O vereador Daniel Soares (PSB) disse que é agressiva a ameaça do MP de recolher a carne dos estabelecimentos.

 

 “A ação é importante, mas não pode chegar atropelando as coisas. Essa carne já é vendida há séculos e ninguém nunca morreu por consumir essa carne; ela é bem protegida pelo sal. Uma coisa é você estar dentro do gabinete com a lei e querer sua aplicação, outra é a situação real, na prática”, comentou o vereador Edvaldo Lima (SD).

 

 O presidente da Câmara, vereador Fernando Miranda (PT), afirmou que a Câmara Municipal não é contra o pedido de ajuste na comercialização do produto, mas pede razoabilidade e que o prazo seja ampliado para que seja encontrada uma solução.
FONTE: Com informações: parlamentopiaui
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Sebastião Silva Neto-Jornalista MTE/DRT-0002001/PI
Sebastião Silva Neto-Jornalista MTE/DRT-0002001/PI

Blogueiro da Região Norte do Piauí

Região Norte do Piauí - PI
(86) 9.9863-5596
www.canal121.com.br/blog-regiao-norte-do-piaui

Publicidade

Publicidade

diversas 1
Facebook

Publicidade

Publicidade

nem motos segunda posição

Publicidade

Publicidade

DIVERSAS

Publicidade

METAS E ATACADÃO AB

Publicidade

Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium