Sábado, 20 de outubro de 201820/10/2018
86 9.9458-5206
Parcialmente nublado
23º
24º
38º
Teresina - PI
Erro ao processar!
EMPRESAS DIVERSA POSIÇÃO 1 - AGOSTO 2018
ENTRETENIMENTO
Ana Furtado, com câncer, destaca superação no trabalho: 'Estou mais fraca'
Eu nem preciso dizer, né? No meu estado, que estou mais fraquinha e tudo... Mas olha só, é tão bom... Sabe por que? É superação, fé, força e é coragem", declarou no Stories do Instagram, nesta quarta-feira (1)
Jessica Kelly
Postada em 01/08/2018 às 22h29
Ana Furtado, com câncer, destaca superação no trabalho: 'Estou mais fraca'

Lutando contra um câncer e fazendo quimioterapia, Ana Furtado tem substituído Fátima Bernardes no "Encontro" enquanto a jornalista curte férias com a família na EspanhaPositiva e confiante, a apresentadora falou sobre sua superação no trabalho. "Mais um 'Encontro' no ar, tem que estar com a energia lá em cima, graças a Deus eu consegui, mais um! E eu quero dizer que é um prazer enorme estar com vocês todos os dias. Ninguém imagina, mas apresentar um programa, fazer o que a gente faz é um grande desafio... Eu nem preciso dizer, né? No meu estado, que estou mais fraquinha e tudo... Mas olha só, é tão bom... Sabe por que? É superação, fé, força e é coragem", declarou no Stories do Instagram, nesta quarta-feira (1).


Apresentadora explica uso de máscara


Usando mascara cirúrgica em passeios com a filha, Isabellaviagens com o marido, Boninho, e durante treinos na academia, Ana respondeu aos questionamentos dos fãs e seguidores a respeito do uso do acessório. "Tem um monte de gente perguntando porque eu uso a máscara. Porque quando faço quimioterapia minha imunidade fica muito baixa. Todo mundo gripando, espirrando, eu não posso pegar nem gripe. Não posso nem pegar o Brad Pitt, nem o Tom Cruise, só o Boninho mesmo", brincou.


Jornalista faz crioterapia para evitar queda de cabelo


Em outra ocasião, Ana contou como evita a queda dos cabelos durante o tratamento da doença. "Trata-se de uma técnica que utiliza uma touca recheada com gel térmico, atingindo temperaturas negativas (-10º, no meu caso). Esse resfriamento no couro cabeludo é muito doloroso, mas reduz a quantidade de quimioterápicos que chegam até os bulbos capilares, diminuindo a queda de cabelos. Antes, é preciso encharcar a cabeça para depois colocar a touca. Foram 4 horas e meia com o equipamento na cabeça: meia hora antes do início da quimio e 2 horas após o término dela. É difícil, mas, até agora, eficiente. Só tenho a agradecer a todos os médicos pelas orientações, apoio e carinho comigo", falou a artista.a

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Publicidade

Publicidade

diversas 1
Facebook

Publicidade

Publicidade

nem motos segunda posição

Publicidade

Publicidade

DIVERSAS

Publicidade

METAS E ATACADÃO AB

Publicidade

Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium