Segunda, 10 de dezembro de 201810/12/2018
86 9.9458-5206
Chuva
22º
22º
30º
Teresina - PI
Erro ao processar!
DIVERSAS EMPRESAS 728X 90 OUTUBRO
ENTRETENIMENTO
Músico da Farra da Gordinha acusa vocalista de não pagar salários
O integrante da banda ainda acusou a vocalista de fazer uso de maconha durante as viagens de trabalho.
Redação
Postada em 04/12/2018 às 22h42
Músico da Farra da Gordinha acusa vocalista de não pagar salários

Imagem: Reprodução

Um músico da banda de forró Farra da Gordinha, publicou um vídeo onde aparece quebrando objetos que seriam instrumentos musicais do grupo. Na gravação, o homem identificado apenas como Panda, reclama de salários atrasados e faz acusações contra a vocalista Walkiria Estarley.


Segundo ele, a cantora teria afirmado que iria abandonar os profissionais que trabalham com ela e montaria uma nova banda. "Vou quebrar tudo. Vai ficar pelas minhas contas.Três anos que eu tenho dentro e mais três mil de quinzenas que eu tenho dentro. E ela [Walkiria Estarley] não tem coragem de dar satisfação para ninguém. Chega lá atrás com a maior arrogância e diz: 'Oh, só tem R$ 150 pra cada um, quando eu tiver com dinheiro eu dou mais', e leva o dinheiro todinho. Tem músico aí que tem mais de R$ 7.500 de quinzena dentro. Não paga ninguém. Se quiser cantar agora vai ter que comprar tudo", relatou indignado.


"Ela andou falando aí, a cantorazinha, a Walkiria Estarley com o marido dela, que depois do final do ano ia sumir, ia fugir lá pro Rio Grande do Norte e montar outra banda. Que não ia pagar ninguém, quando ninguém menos esperasse, ela disse que iria embora para o Rio Grande do Norte, ia montar outra banda lá e o pessoal ia ficar no fumo aqui do jeito que estava", completou.


O integrante da banda ainda acusou a vocalista de fazer uso de maconha durante as viagens de trabalho. "Todo mundo que trabalha com banda, que é holding, todo mundo conhece o meu trabalho. E eu não preciso dela pra ganhar dinheiro, não. Ela é que precisa da gente pra ganhar dinheiro. Para o ônibus dois ou três vezes para fumar maconha, deixa de parar na hora do almoço para fumar maconha", afirmou.


Vocalista dá sua versão


Em sua conta do Instagram, Walkiria Estarley se pronunciou sobre as acusações. Ela confirmou a alegação que alguns funcionários estão sem receber seus salários, mas negou ter dito que deixaria a banda e afirmou que irá tomar as medidas cabíveis acerca dos fatos.


Confira na íntegra a declaração da cantora:


"Irei esclarecer tudo o que está rolando aí na mídia e jamais vou deixar de conversar com vocês. E realmente aconteceu um equívoco muito grande com um menino da minha produção e eu quase não entendi direito. Ele está muito revoltado com umas coisas que estão acontecendo. Eu estou tomando todas as providências cabíveis para esclarecer tudo, porque eu estou simplesmente passada com a situação. Jamais eu vou desistir e sabotar ninguém porque isso não é da minha índole. O pessoal está me perguntando muito no Direct e comentando algumas fotos, negócio de 'vá pagar os músicos'. Gente, está difícil para todo mundo, eu passei um mês parada, a minha banda passou um mês parada. Por isso realmente que está com atrasos, com muita coisa. Mas o que eu posso fazer eu estou fazendo. Eu só não vou desistir por nada, nem por ninguém e quem imaginar ou querer me derrubar, porque isso aí não é de agora, gente, isso aí é do começo. Jamais eu ia pegar e sair ou desistir e deixar alguém na mão. Nunca. Grande Deus é e eu sei que eu sou também. Mas eu estou tomando todas as providências cabíveis, já procurei o advogado, estamos na razão, eu não estou errada, porque isso poderia se conversar. Até se ele quisesse me botar na justiça por um dinheiro atrasado que tem dele, ele poderia ter me colocado e a gente conversaria. Ele não poderia ter denegrido a minha imagem. Os salários de alguém realmente estão atrasados pelo momento que o mercado está passando".


Com informações do GP1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium