Terça, 21 de maio de 201921/5/2019
86 9.9458-5206
Erro ao processar!
Erro ao processar!
slid 1 728x90
POLÍCIA
Atiradores planejaram ataque em escola de Suzano por um ano e meio
A polícia também divulgou dois cadernos escolares apreendidos no carro usado pela dupla, nos quais há desenhos. O material será analisado por investigadores.
Redação
Postada em 14/03/2019 às 10h19
Atiradores planejaram ataque em escola de Suzano por um ano e meio

Imagem: Arquivo Pessoal

A dupla que matou oito pessoas em Suzano (Grande SP) planejava o ataque há cerca de um ano e meio. A informação foi confirmada em sigilo por uma fonte policial que acompanha o caso. Segundo o policial, Luiz Henrique de Castro, 25, e Guilherme Taucci Monteiro, 17, conversaram sobre o ataque por meio de mensagens de texto. 


O teor das conversas não foi informado. Uma das linhas de investigação da Polícia Civil é a de que o tio de Guilherme tenha descoberto o plano da dupla e, por isso, os criminosos teriam feito uma "queima de arquivo". Outras linhas de investigação não foram esboçadas.



A polícia acrescentou que as armas usadas no crime foram compradas por Monteiro, com o dinheiro que recebeu de um carrinho de cachorro-quente onde trabalhava. O valor das compras e onde foram feitas é verificado pela polícia. Já o carro usado pela dupla, um Onyx branco, foi alugado por Castro, segundo nota da Localiza, em 21 de fevereiro, com devolução para o dia 15 deste mês.


A polícia também divulgou dois cadernos escolares apreendidos no carro usado pela dupla, nos quais há desenhos. O material será analisado por investigadores.


Com informações da Folha

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Maria da Cruz Teresina - PI 14/03/2019

Se a escola tivesse um agente de portaria ou segurança monitorando o portão de entrada da escola talvez tivesse evitado essa tragédia.

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium