Sábado, 25 de maio de 201925/5/2019
86 9.9458-5206
Erro ao processar!
Erro ao processar!
slid 1 728x90
Direto de Teresina
Direto de Teresina

Notícias de Teresina Piauí.

SAÚDE
Cirurgias são canceladas por falta de material esterilizado no Hospital Getúlio Vargas
Em conversa com alguns familiares de pacientes que relataram que após uma longa espera para a realização dos procedimentos tiveram que voltar para casa sem atendimento.
Redação
Postada em 26/03/2019 às 22h03 - atualizada em 27/03/2019 às 11h44
Cirurgias são canceladas por falta de material esterilizado no Hospital Getúlio Vargas

Hospital Getúlio Vargas (HGV) em Teresina — Foto: Gilcilene Araújo/G1

Cerca de dez cirurgias foram canceladas por falta de material esterilizado no Hospital Getúlio Vargas (HGV), em Teresina, nesta terça-feira (26), de acordo com pacientes. Em conversa com alguns familiares que relataram que após uma longa espera para a realização dos procedimentos tiveram que voltar para casa sem atendimento.


Procurada, a Fundação Hospitalar do Estado (Fepiserh), que administra o HGV, informou por nota que a autoclave, equipamento que esteriliza os instrumentais cirúrgicos, apresentou defeito, mas o conserto foi providenciado e as cirurgias serão realizadas.


A veterinária Suelen Melo acompanhava o pai, que faria uma cirurgia de hérnia. "Meu pai sente muito incômodo e precisava fazer esta cirurgia urgente. Ele se preparou para isso, mas não vai fazer porque os autoclaves estão quebrados", relatou.


"Isso não é recente, é um problema antigo que estão resolvendo com o hospital militar. Só que ficamos sabendo que o hospital se recusou a continuar quebrando galho", completou Suelen Melo.


Um paciente, que preferiu não ser identificado, contou que veio do município de Jaicós, a 352 km de Teresina, que também faria cirurgia de hérnia também terá que voltar para sua cidade sem o atendimento.


"A gente vem de outra cidade, pagando despesa em casa de apoio, estou aqui desde ontem para fazer essa cirurgia, que já estou há muito tempo esperando e quando chego aqui não vai acontecer. Deveriam pelo menos ter tentado avisar anteriormente para que a gente não tivesse essa despesa, chegar aqui e os médicos não poderem operar porque não tem material", afirmou o paciente.


Confira a nota da Fepiserh na íntegra:


A Fundação Hospitalar do Estado (Fepiserh) informa que a autoclave, equipamento que esteriliza os instrumentais cirúrgicos, apresentou defeito, mas o conserto já foi providenciado e até o final da tarde de hoje (26), já estará funcionando e as cirurgias programadas terão seguimento. A pausa se deu, por uma questão de segurança ao paciente.


 Com informações do G1 Piauí

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Redação
Redação

Redação

Piauí - PI
86 9-9458-5206
valdomiro.hugo@gmail.com
www.canal121.com.br

Publicidade

Publicidade

SLIDE 1 300x250
Facebook

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DIVERSAS

Publicidade

Nova Vida - posição 4 - pequena

Publicidade

Enquete

Nenhuma enquete cadastrada.

Publicidade

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium