domingo, 26 de maio de 201926/5/2019
86 9.9458-5206
Erro ao processar!
Erro ao processar!
slid 1 728x90
EDUCAÇÃO
Alunos e servidores do IFPI e da rede municipal e estadual de Angical do PI aderem ao movimento de paralisação
A concentração da manifestação aconteceu na Praça Governador Helvídio Nunes, onde foram feitos vários discursos de manifestação contra o bloqueio no orçamento da educação.
Redação
Postada em 15/05/2019 às 19h28 - atualizada em 16/05/2019 às 23h23
Alunos e servidores do IFPI e da rede municipal e estadual de Angical do PI aderem ao movimento de paralisação

Manifestação contra o bloqueio do orçamento da Educação (Imagem: Valdomiro Gomes/CANAL 121)

Alunos, professores e demais servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí do Campus de Angical do Piauí, da rede municipal e estadual no município, aderiram ao movimento nacional de paralisação em protesto contra o bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo Ministério da Educação (MEC). O movimento de protestos acontece em outras cidades do Piauí e nos demais 25 estados da federação e no Distrito Federal. Em Angical, a concentração aconteceu na Praça Governador Helvídio Nunes, no centro da cidade, na manhã desta quarta-feira (15).


"Hoje é um dia de luta em defesa da educação pública de qualidade e do direito à aposentadoria. É uma manifestação contra o corte de 30% nos recursos repassados às universidades e institutos federais que comprometem o funcionamento das atividades nas instituições e também contra a reforma da previdência", disse Samara Viana, Diretora de Ensino do IFPI Campus Angical.  



Durante a manifestação alunos e professores exibiram faixas e cartazes contra o bloqueio no orçamento da educação. Houve também uma caminhada pelas ruas da cidade, ao som de músicas de protesto, e gritos de guerra contra o governo.


“Com muita luta, muito calor, a revolução já começou no interior”; “Com muita luta, muito mingau, a revolução já chegou em Angical”; e “Sou estudante, sou radical, não sou capacho do governo federal”, foram os gritos de guerra dos alunos durante a manifestação.


Os professores e alunos foram enfáticos em afirmar que o corte no orçamento afetará diretamente o andamento do ensino nas instituições afetadas pelo bloqueio. Segundo os organizadores do movimento os cortes de verbas podem paralisar as universidades



Para Paulo Victor, aluno do terceiro ano do Curso Técnico Integrado em Administração no IFPI Campus Angical, os cortes inviabilizam o funcionamento de certos serviços do campus, como alimentação, bolsas de pesquisa, despesas com água, energia, internet, limpeza, terceirizados, entre outras funções institucionais. “Com esse manifesto, buscamos conscientizar a população da cidade de Angical, a comunidade discente e docente do campus sobre a atual situação do nosso país. Sabe-se que os IFs e UFs são de extrema importância para a sociedade, afinal, 95% das pesquisas científicas realizadas no país, saem dos laboratórios das instituições federais, grandes descobertas saíram desses laboratórios, como a descoberta do Zika vírus, realizada na UnB. Com toda essa situação, nos mobilizamos em parceria com as escolas públicas de Angical para lutar pelos nossos direitos e contra a decisão do governo federal, que inclusive ocorreram em todo o território nacional”, enfatizou Paulo Victor.


O ministério da Educação bloqueou 24,84% dos gastos não obrigatórios dos orçamentos das instituições federais, valores que incluem despesas com contas de água, luz e compra de material básico, além de pesquisas.


O evento foi coordenado pelo Grêmio Estudantil Ogla Benário do Campus Angical do IFPI em parceria com entidades estudantis nacionais.



O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

GILDEON Oliveira do Vale Teresina - PI 15/05/2019

Ato bonito, gente disposta a lutar. Parabéns aos alunos e às alunas, aos profissionais das diferentes escolas que se somaram na luta pela educação.

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium