CALÇADEIRA PÉ QUENTE
TJR - AUTO PEÇAS - TERESINA PIAUÍ
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
TERIM - TOPO
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 1
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 2
RC MOTOS - BARRO DURO - REGIS
GR GÁS E ÁGUA - SÃO GONÇALO DO PIAUÍ - GASPAR
MANOS GRÁFICA - TOPO
CANAL 121 - TOPO
Criminalidade

Criminosos instalam objeto para bloquear saída de cédulas de caixa eletrônico em Teresina

A armadilha foi flagrada quando o cliente fez um saque e as notas não saíram do terminal bancário.

09/02/2020 20h04Atualizado há 1 semana
Por: Redação
Objeto colocado em caixa eletrônico para bloquear a saída de cédulas, em Teresina — Foto: Reprodução
Objeto colocado em caixa eletrônico para bloquear a saída de cédulas, em Teresina — Foto: Reprodução

Um cliente de um banco encontrou, em um caixa eletrônico de uma agência bancária no Centro de Teresina, um objeto utilizado para bloquear a saída por onde saem as cédulas quando um cliente realiza um saque. O objeto foi levado para a Central de Flagrantes de Teresina. Ninguém foi preso.

A armadilha foi flagrada na manhã de domingo (9), por volta das 10h, quando o cliente faz um saque de R$ 1 mil e as notas não saíram do terminal bancário. O cliente acionou a Polícia Militar, que foi até o local. O sargento Luiz, do 1º Batalhão de Polícia Militar, explicou como aconteceria o crime: “Eles colocaram a trava com a cola, e o dinheiro não saia. Então o cliente ia embora, e eles adentravam na agência e pegavam o dinheiro”, disse.

Um vídeo feito pelos policiais militares que atenderam o chamado mostra outro cliente utilizando uma chave para retirar o objeto da saída de cédulas do terminal bancário. Depois que o objeto é retirado, o cliente consegue pegar com as mãos o mesmo valor em dinheiro que havia ficado retido. O dinheiro que havia ficado retido foi recuperado pelo cliente.

De acordo com o sargento Luiz, os objetos foram encontrados em dois caixas eletrônicos, e em um deles foram encontrados vestígios de cola.

Ainda segundo o sargento, nenhum suspeito de ter instalado o objeto foi identificado no local. “Se estavam por lá, foram embora depois que o golpe foi descoberto. Imaginamos que outras pessoas foram lesadas, já que havia vestígios de cola em outros terminais”, disse.

O objeto foi encaminhado para a Central de Flagrantes, e o cliente que teve o dinheiro bloqueado prestou depoimento à Polícia Civil. O caso deve ser encaminhado para o 6º Distrito Policial, para investigação.

Fonte: G1 Piauí