GR GÁS E ÁGUA - SÃO GONÇALO DO PIAUÍ - GASPAR
CANAL 121 - TOPO
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 1
RC MOTOS - BARRO DURO - REGIS
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
TJR - AUTO PEÇAS - TERESINA PIAUÍ
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 2
CALÇADEIRA PÉ QUENTE
TERIM - TOPO
MANOS GRÁFICA - TOPO
Olimpíadas

Brasil vence Argentina e comemora classificação para olimpíadas;veja

Bruno Guimarães diz que grupo absorveu "porrada de todos os lados" e lembra que Seleção saiu invicta.

10/02/2020 14h39
Por: Rafael Gomes
(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

Alívio e comemoração. Eram os sentimentos dos jogadores do Brasil no apito final. Com 3 a 0 sobre a Argentina - gols de Paulinho e Matheus Cunha (2) -, a seleção brasileira sub-23 terminou em segundo lugar na classificação geral, atrás apenas da Argentina. As duas seleções vão disputar a medalha de ouro em Tóquio, com mais 14 países classificados. Informaçõe do Globo Esporte.

Capitães durante o Pré-Olímpico, Bruno Guimarães e Matheus Henrique dividiram a faixa, o setor de meio de campo e as responsabilidades. Para eles, o Brasil soube ir para o jogo contra a Argentina com a postura correta para a decisão.

- Era um clássico. Uma decisão em todos sentidos, contra a Argentina, precisando da vitória. Mas creio que fizemos um grande jogo. Acho que nas outras partidas também. Mas faltou caprichar na finalização. Hoje (domingo) tivemos controle do jogo o tempo todo. Tomamos porrada por todos lados, mas terminamos como único time invicto, apesar de não ganhar o título - comentou Bruno.

O jogador do Grêmio lembrou que a seleção brasileira vai defender a medalha de ouro em Tóquio. Em 2016, em casa, o Brasil levou o título olímpico pela primeira vez. Matheusinho reconheceu que o time caiu na segunda fase, mas se recuperou para garantir a classificação.

- Acho que fizemos primeira fase excelente, foram quatro vitórias. Deixamos cair um pouco depois, mas tentamos contra a Colômbia e contra o Uruguai, perdemos algumas chances. Infelizmente o título não veio, mas o Brasil não podia ficar de fora. Nossa missão era colocar o Brasil na olimpíada. Chegamos. Agora, se Deus quiser no meio do ano que vem vamos buscar segundo ouro olímpico no futebol.

Com informações do Globo Esporte