GR GÁS E ÁGUA - SÃO GONÇALO DO PIAUÍ - GASPAR
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 1
CALÇADEIRA PÉ QUENTE
CANAL 121 - TOPO
RC MOTOS - BARRO DURO - REGIS
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 2
TJR - AUTO PEÇAS - TERESINA PIAUÍ
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
MANOS GRÁFICA - TOPO
TERIM - TOPO
Oscar 2020

Joaquin Phoenix pede compaixão em discurso ao ganhar Oscar

Americano levou principal prêmio de atuação por 'Coringa'.

Cinema e Tecnologia

Cinema e TecnologiaRafael Gomes

10/02/2020 14h50
Por: Rafael Gomes
Ator que interpretou o Coringa (Imagem: Divulgação)
Ator que interpretou o Coringa (Imagem: Divulgação)

Joaquin Phoenix confirmou o favoritismo neste domingo ao ganhar o Oscar de melhor ator por Coringa. Como vem fazendo durante toda a temporada de premiações, o americano usou o discurso para levantar questões políticas e, desta vez, pediu compaixão entre as pessoas para que elas ensinem umas às outras a serem melhores.

“Penso sobre os problemas que estamos vivendo e acho que às vezes fazem com que nós pensemos que estamos lutando por causas diferentes. Mas, para mim, eu vejo coisas em comum”, disse. “Se brigamos contra disparidades entre gêneros, racismo, por direitos de pessoas LGBT, ou por direitos dos animais, estamos brigando contra a injustiça.”

“Lutamos contra a noção de que uma nação, um povo, uma raça, um gênero ou uma espécie tem o direito de dominar, controlar, usar e explorar a outra com impunidade”, continuou.

“Temos medo de mudança, porque sentimos que teríamos que sacrificar algo, mas os humanos são muito inventivos e criativos. Quando temos amor e compaixão como princípios, podemos criar sistemas de mudanças que sejam benéficas para todos os seres vivos e o meio ambiente.”

Com informações do Veja