MANOS GRÁFICA - TOPO
TJR - AUTO PEÇAS - TERESINA PIAUÍ
CANAL 121 - TOPO
RC MOTOS - BARRO DURO - REGIS
GR GÁS E ÁGUA - SÃO GONÇALO DO PIAUÍ - GASPAR
TERIM - TOPO
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 2
CALÇADEIRA PÉ QUENTE
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 1
Coronavírus

Piauí cria leitos de isolamento e disponibiliza telefone para notificação de casos suspeitos de coronavírus

Por meio do telefone (86) 3216-3606, o atendimento já está acontecendo.

12/02/2020 12h14Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Reunião na Sesapi define ações de prevenção e combate ao coronavírus. — Foto: Sanny Mendes/TV Clube
Reunião na Sesapi define ações de prevenção e combate ao coronavírus. — Foto: Sanny Mendes/TV Clube

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informou nesta quarta-feira (12), durante reunião, que iniciará no próximo sábado (15) o recebimento via Centro de Investigação de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), de informações sobre suspeitas do novo coronavírus, no estado. Por meio do telefone (86) 3216-3606, o atendimento já está acontecendo.

Além desta, outras 48 doenças de notificação obrigatória também serão monitoradas pelo Centro. Amelia Costa, coordenadora de epidemiologia da Sesapi, explicou que o número já está funcionando e que o Centro passará a funcionar no sábado.

“Funcionará com plantão de 12 horas e, de qualquer lugar, qualquer pessoa pode notificar a suspeita de qualquer doença. O Centro vai notificar, monitorar, avaliar, analisar não só casos de coronavírus, mas também 48 doenças de notificação obrigatória por portaria do Ministério da Saúde”, explicou.

Além de doenças, o Centro vai receber casos de violência contra mulheres, crianças, casos de estupro e informações de acidentes de trânsito, cujos dados serão utilizados na tomada de ações estratégicas no combate aos casos.

Hospitais regionais terão leitos de isolamento

Além da organização de toda a rede de saúde para possível recebimento de casos suspeitos, leitos estão sendo preparados para manter pacientes em isolamento no estado, sendo dois em Floriano, dois em Picos, dois em Parnaíba, um em São Raimundo Nonato e um em Piripiri.

Em Teresina, o Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela deve disponibilizar seis leitos para este possível acompanhamento de casos suspeitos de coronavírus, se houver necessidade, além de oferecer leitos de UTI, para receber pacientes mais graves. O Hospital Infantil Lucídio Portela também estará preparado para receber crianças com suspeita da doença.

Prevenção

Tatiana Chaves, da vigilância sanitária do estado, disse que a correta higienização das mãos pode reduzir em até 80% as infecções, seja a limpeza feita com água e sabão ou álcool em gel.

“A população e os profissionais de saúde têm que ter a informação disseminada da correta higienização, além da precaução de contato, como evitar espirrar e tossir próximo a outras pessoas e coçar os olhos com as mãos sujas, sendo que esses já são sintomas de problemas respiratórios”, explicou.

Segundo ela, as medidas são extremamente necessárias neste momento, em especial porque o carnaval é uma preocupação das autoridades, já que haverá grandes aglomerações nos grandes centros urbanos.

Algumas das questões envolvidas são que as pesquisas ainda não indicam com precisão por quanto tempo o vírus permanece no ar – suspeitas de que fique vivo entre 14 e 24 horas – e que possa ficar encubado (sem manifestar a doença) no organismo por até 24 dias.

Com informações do G1 Piauí