Domingo, 31 de Maio de 2020
86 9.9458-5206
Geral Tragédia

Saiba quem são os piauienses que morreram em acidente aéreo no Ceará; empresa não tinha permissão para o voo

O avião de pequeno porte que retornava para Teresina trazendo um médico infectado com covid-19 na noite desta sexta-feira (15).

16/05/2020 11h35 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação

Foram identificadas as vítimas do acidente com um avião que retornava para Teresina trazendo um médico infectado com covid-19 na noite desta sexta-feira (15). O avião de pequeno porte da empresa de táxi aéreo Top Line caiu e em seguida explodiu no município de São Benedito, no Ceará.

A aeronave não era homologada para operar como táxi aéreo. Dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) apontam que a aeronave prefixo PT-RMN era de propriedade de Josimar Alves Salvador e tinha “operação negada para táxi aéreo”.

O serviço de táxi aéreo só pode ser prestado por empresas que cumpram uma série de requisitos e exigências que as credenciam a prestar o serviço de forma legal e regular e nesse caso a empresa estaria usando uma aeronave de terceiro, sem a devida homologação da ANAC.

A operação irregular de táxi-aéreo é uma infração ao Código Brasileiro de Aeronáutica e pode configurar crime, conforme previsto no Artigo nº 261 do Código Penal, pois coloca em risco vidas de pessoas a bordo e em solo. Havendo acidente com vítimas, os infratores podem responder por homicídio.

A empresa Top Line divulgou nota onde reconhece que a aeronave prestava serviços de UTI aérea e na ocasião fazia a rota Teresina -Sobral –Teresina. A empresa de táxi aéreo Top Line foi contratada para fazer o traslado do médico Pedro José Ferreira de Meneses, que estava internado em Sobral fazendo tratamento de covid-19. Como sua família mora em Teresina, o médico solicitou sua transferência e a família contratou a empresa de táxi aéreo.

Vítimas

Uma das vítimas do acidente foi o piloto da aeronave, Paulo César Magalhães Costa. O piloto realizou diversas viagens com políticos piauienses, como o senador Ciro Nogueira, Iracema Portella, Georgiano Neto, Fábio Novo, Júlio César, Luciano Nunes e outras autoridades.

Outra vítima do acidente foi o médico Pedro José Ferreira de Meneses, que estava infectado com a covid-19 e internado em um hospital em Sobral, no Ceará. Por sua família morar em Teresina, o médico conseguiu transferência para um hospital particular da capital piauiense.

Na aeronave também estavam o médico Carlo Victor Sousa Rodrigues, que fazia o acompanhamento de Pedro José e uma enfermeira, identificada apenas Samara Félix.

O acidente

A empresa de táxi aéreo foi contratada para fazer o traslado do médico Pedro José Ferreira de Meneses, que estava internado em Sobral fazendo tratamento de covid-19. Como sua família mora em Teresina, o médico solicitou sua transferência e a família contratou a empresa de táxi aéreo. O avião caiu no retorno para Teresina, no município de São Benedito. Além do médico e do piloto, outro médico e uma enfermeira estavam na aeronave.

Nota da empresa

A empresa Top Line Táxi Aéreo divulgou uma nota sobre o acidente que vitimou três pessoas na noite desta sexta-feira (15).

Confira a nota na íntegra:

"É com pesar que a Top Line Táxi Aéreo informa sobre o lamentável acidente com a aeronave bimotor PT- RMN, ocorrido na cidade de São Benedito Ceará, no início da noite desta sexta-feira, 15.05. A aeronave envolvida prestava serviços de UTI aérea e na ocasião fazia a rota Teresina -Sobral -Teresina. A aeronave inicialmente partiu de Teresina com destino à cidade de Sobral-CE, com posterior retorno a Teresina. Na aeronave estavam o piloto e mais 3 passageiros. A empresa Top Line Táxi Aéreo informa ainda que imediatamente após receber a notícia, encaminhou uma equipe até o local e acionou os órgãos competentes para que as primeiras providências pudessem ser tomadas.

O compromisso, neste momento de profunda tristeza, é de confortar os familiares, garantir que sejam asseguradas todas as medidas e protocolos investigativos em relação à causa do acidente, bem como transparência nas informações".

Com informações do GP1

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias