Quinta, 24 de Setembro de 2020
86 9.9458-5206
Polícia Mantida refém

Piauiense é mantida como refém de esquizofrênico no metrô de São Paulo

A ocorrência na estação da Linha 5-Lilás, em Santo Amaro, durou cerca de duas horas.

09/09/2020 18h00 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Piauiense foi mantida como refém em estação de metrô em São Paulo (Reprodução)
Piauiense foi mantida como refém em estação de metrô em São Paulo (Reprodução)

Uma mulher foi mantida como refém por um homem armado com uma faca na estação Adolfo Pinheiro do Metrô, na Zona Sul de São Paulo, na tarde desta terça-feira (8). Ela foi identificada como Maria de Resende, piauiense, e foi libertada após cerca de duas horas de negociações conduzidas pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar da cidade, que informou que o homem que mantinha a refém sofre de esquizofrenia.

Segundo familiares ao portal G1, ele não tinha tomado o remédio. Os policiais disseram ainda que ele disse coisas desconexas na negociação e se recusava a soltar a moça. Para conseguir libertar a mulher, os policiais deram um tiro de bala de borracha no lado direito do peito do homem e usaram uma arma de choque para imobilizá-lo, diz a reportagem.

A piauiense foi levada para a UPA Santo Amaro para a realização de exames médicos. Conforme os bombeiros, ela apresentava quadro de crise nervosa. O agressor foi preso e encaminhado pela polícia ao 11º DP de Santo Amaro.

Ele1 - Criar site de notícias