Sábado, 26 de Setembro de 2020
86 9.9458-5206
Geral Mantida refém

Criança de 9 anos é liberada após ser mantida refém pelo o pai em Teresina

Criança estava sendo mantida refém pelo pai desde 8h da manhã desta sexta-feira (11), em uma residência no bairro Bela Vista.

11/09/2020 14h15 Atualizada há 2 semanas
Por: Rafael Gomes
(Imagem: Divulgação-GP1)
(Imagem: Divulgação-GP1)

A criança de 9 anos que estava sendo mantida refém pelo próprio pai dentro de uma residência no bairro Bela Vista, zona sul de Teresina, foi liberada por volta de 13h desta sexta-feira (11). Ela estava sendo mantida em cárcere privado desde as 8h.

De acordo com moradores, o pai da criança toma medicamentos controlados, mora com a mãe, que é avó da menina, e a filha. Hoje cedo ele teria tido um surto e mandou a mãe sair de casa, ficando apenas com a criança, que ainda estava dormindo quando tudo começou.

A polícia localizou e conduziu a avó da criança até a residência e levou mantimentos alimentícios no intuito de negociar a soltura da menina.

Por volta de 12h30, a mãe, os policiais do Bope, um assistente social e dois advogados de direitos humanos entraram na residência e conseguiram negociar a liberação da criança de 9 anos, que passa bem e não apresenta nenhum ferimento.

“A criança está bem, está tranquila. Vamos fazer o contato com o Conselho Tutelar para fazer um acompanhamento mais próximo dessa criança. Ele não chegou a machucar. A exigência era que um irmão não frequentasse a residência”, afirmou o coronel Mota.

Pedro será encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) onde fará o exame de corpo de delito e depois será levado a um psicólogo. Conforme informações do advogado José Antônio Cantuário, que entrou na residência para conversar com Pedro, ele estava preocupado com a integridade física da filha e não queria a presença de seu irmão em casa.

“Pedro é filho da dona da casa e estava preocupado com a integridade física da filha. Foi uma briga familiar. O irmão chegou, ele não aceitou a vinda do irmão dele e ele se trancou em casa. A filha dele o tempo todo abraçando o Pedro”, contou o advogado.

Com informações do GP1

Ele1 - Criar site de notícias