Sábado, 31 de Outubro de 2020
86 9.9458-5206
Polícia Agricolândia

Prefeito Walter Alencar e esposa são presos durante operação do Gaeco em Agricolândia

As prisões em flagrante foram confirmadas pelo promotor de Justiça Mário Normando.

08/10/2020 11h10 Atualizada há 2 semanas
Por: Rafael Gomes
Kelly Alves de Alencar e Walter Alencar (Imagem: Divulgação-Facebook)
Kelly Alves de Alencar e Walter Alencar (Imagem: Divulgação-Facebook)

Na manhã desta quinta-feira (8) o prefeito de Agricolândia, Walter Alencar e a esposa, candidata a prefeita do município de Lagoinha do Piauí, Kelly Alencar, foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia Regional de Água Branca por crime eleitoral. A operação IBI CLAUSUS foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em parceria com a Polícia Civil do Piauí.

Conforme informações preliminares obtidas, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no endereço do casal em Agricolância, foram encontradas mercadorias que seriam utilizadas para aliciar eleitores.

As prisões em flagrante foram confirmadas pelo promotor de Justiça Mário Normando, que destacou que na ocasião foi apreendido uma lista com nome de eleitores e as vantagens indevidas que os mesmos iriam receber em troca de votos.

“A Polícia Rodoviária Federal em conjunto com o Ministério Público e TCE apreendeu além de lista de eleitores com a respectiva vantagem indevida, uma série de bens que seriam oferecidos aos eleitores em forma de voto. Posteriormente os fatos vão ser melhor apurados e tomadas as providências junto à Promotoria Eleitoral de Água Branca”, afirmou.

Art. 334 da Lei n° 4.737 de 15 de julho de 1965

Utilizar organização comercial de vendas, distribuição de mercadorias, prêmios e sorteios para propaganda ou aliciamento de eleitores. Pena: detenção de seis meses a um ano de cassação do registro se o responsável for candidato.

Operação IBI CLAUSUS

O Gaeco deflagrou nas primeiras horas da manhã a operação IBI CLAUSUS a fim de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes de licitações, capitaneada pelo prefeito de Passagem Franca, Raislan Farias, em conjunto com o prefeito de Agricolândia, Walter Alencar, que é proprietário de empresas com participação no esquema fraudulento.

Com informações do GP1

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias