Quinta, 28 de Janeiro de 2021
86 9.9458-5206
Política Indefinição

Município no Piauí pode ter nova eleição para prefeito

Situação da candidata mais votada do município de São Miguel da Baixa Grande cosnta como anulada sub judice no site do TSE.

24/11/2020 16h20 Atualizada há 2 meses
Por: Ruana Barbosa

O município de São Miguel da Baixa Grande pode ter uma nova eleição para prefeito. Mesmo obtendo a maioria dos votos no município, a candidata à prefeitura, Dona Conceição do PTB, não foi considerada eleita Pelo Tribunal Superior Eleitoral. Isso porque a sua candidatura foi indeferida em primeira instância, mas após recorrer, a decisão foi reformada pelo TRE e ela pôde concorrer às eleições, porém, no site do TSE a candidata não conta como eleita.

O indeferimento da candidatura de Dona Conceição em primeira instância ocorreu pelo fato de ela ser ex-cunhada do atual prefeito, podendo configurar, assim, um terceiro mandato na cidade por pessoa da mesma família.

Segundo advogado especialista na área, Wildson Sousa, se o TSE mantiver a decisão que lhe permitiu concorrer às eleições em São Miguel da Baixa Grande, Dona Conceição poderá ser diplomada normalmente, caso contrário, se o TSE reformar a última decisão, acompanhando a determinação do juiz em primeira instância, a mesma estará inapta e, portanto, deverá haver novas eleições e ela não poderá mais concorrer.

O município tinha quatro candidatos a prefeito: Dona Conceição (PTB), Júnior (PT), Ilma Damásio (PSB) e Ronaldo Alves (PL).

O procurador regional eleitoral, Leonardo Carvalho Cavalcante Oliveira enviou recurso especial ao TRE no dia 21 de novembro onde o "Ministério Público Eleitoral" requer a reforma do acórdão para inelegibilidade da candidata mais votada no município.

No município de Murici dos Portelas, a eleição também está indefinida. A candidata mais votada, Ana Lina (PSD) foi indeferida também por parentesco com o atual prefeito. Ela é ex-mulher do gestor.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias