Segunda, 01 de Março de 2021
86 9.9458-5206
Geral Estado de Alerta

Ministério da Saúde reconhece que a nova cepa pode estar em todo o pais

A nova variante que sofreu mutação de Sars-CoV-2 é, segundo os cientistas, até 70% mais transmissível do que cepas anteriores detectadas.

15/01/2021 22h53 Atualizada há 1 mês
Por: Rafael Gomes
Ministério da Saúde reconhece que a nova cepa pode estar em todo o pais

O superintendente do Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí, Paulo Márcio, afirmou que uma nova cepa do coronavírus já está no Piauí.

A questão já havia sido levantada com o anúncio do envio de 30 pacientes com Covid-19 de Manaus (AM) e que seriam internado no HU, em Teresina, pela crise enfrentada no Amazonas com a falta de cilindros de oxigênio.

"Essa cepa já está aqui em Teresina. No Parque Piauí, no Promorar, no bela Vista, no Mocambinho, no Bela Vista, na cidade inteira, porque ela já está no país inteiro. Essa cepa não chegou no Amazona porque foi levada por aviões da FAB, não chegou na Europa porque foi levada, ela entrou pelas vias normais, pelo aeroporto de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Teresina, pela Rodoviária Lucídio Portela. Ela entrou normalmente, aqui no Piauí já tem ela circulando", disse ele em entrevista à TV Meio Norte.

"Não foi porque tem essa cepa no Amazonas que a situação ficou como está, a organização dos serviços da saúde de lá falhou no planejamento e a população que baixou a guarda, que se expôs nas festas de final de ano. O que está acontecendo hoje, no dia 15 do mês, é fruto da infecção que teve no final do ano, quando a população se expôs a uma quantidade de vírus e baixou a sua guarda da sua proteção individual, isso é matemático", completou.

Sobre a cepa

A nova variante que sofreu mutação de Sars-CoV-2 é, segundo os cientistas, até 70% mais transmissível do que cepas anteriores detectadas. 

Genomas que possuem mutações semelhantes formam as cepas, linhagens ou variantes, que apesar de ter diferenças internas, continua sendo o SARS-CoV-2.

No Brasil, uma nova linhagem com cinco mutações foi identificada inicialmente no Rio de Janeiro, o que causou preocupação pela sua capacidade de transmissão e a gravidade da infecção.

Com informações do 180 Graus 

Ele1 - Criar site de notícias