Sexta, 05 de Março de 2021
86 9.9458-5206
Cidades Floriano

Prefeitura de Floriano decreta 'lockdown parcial' pela 2ª vez no fim de semana

As medidas passam a valer a partir das 14h deste sábado (20) e vão até às 20h do domingo (21). Um dos serviços que sofrerá restrição é a comercialização de bebida alcoólica.

19/02/2021 16h50 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação

O prefeito de Floriano, Joel Rodrigues (Progressistas), decretou nesta sexta-feira (19), ‘lockdown parcial’ pela segunda vez durante neste fim de semana. As atividades comerciais não comerciais foram suspensas para conter o avanço do novo coronavírus.

As medidas passam a valer a partir das 14h deste sábado (20) e vão até às 20h do domingo (21). No carnaval, a prefeitura também adotou as mesmas medidas.

A decisão considera o aumento de internações, atendimentos relacionados a síndromes gripais e de casos confirmados. De acordo com a prefeitura, houve um crescimento de 122% no número de infectados pelo vírus em relação aos meses de janeiro e fevereiro de 2021.

"Os casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus em Floriano que está na média de 25 por dia. Até o dia 17 de fevereiro, data do último levantamento geral, são 435 casos, contra 196 registrados nos primeiros 17 dias de janeiro, o que representa um aumento de 122%, e bem acima dos 323 registrados em todo o mês de dezembro. Em janeiro quando os casos voltaram a subir, foram 560 notificações", informou a administração municipal.

Podem funcionar:

- Farmácias e drogarias

- Pontos de alimentação localizados às margens das rodovias

- Padarias, sendo vedada a consumação no local

- Serviços de saúde

- Imprensa

- Autoatendimento bancário

- Postos de combustíveis

- Distribuidoras de gás

- Serviços de delivery exclusivo para alimentos

- Indústria de produção de produtos essenciais

Em caso de descumprimento do decreto, os infratores poderão ser penalizados com multa de R$ 1 mil a R$ 10 mil. Em caso de reincidência, além de multa, o infrator poderá ter a interdição total do estabelecimento, como cassação do alvará de funcionamento.

Projeto de Lei

O prefeito Joel Rodrigues informou que irá encaminhar para o legislativo um projeto de Lei que determinará o fechamento temporário de empresas que descumprirem os decretos e obrigações sanitárias, mesmo que sejam de serviços essenciais.

"Nós estamos praticamente com um ano de pandemia e não é hora só de medidas educativas, teremos que adotar o rigor da lei para quem ainda não se conscientizou da gravidade do momento", relatou.

Fonte: G1 Piauí

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias