Domingo, 09 de Maio de 2021
86 9.9458-5206
Polícia Prisão

Três homens são presos suspeitos de matar policial militar de Alagoas em Teresina

O crime aconteceu no bairro Poti Velho, na Zona Norte de Teresina, na frente da casa de um dos suspeitos presos.

04/05/2021 12h04 Atualizada há 5 dias
Por: Diogo Costa Fonte: G1
Divulgação / Polícia Civil
Divulgação / Polícia Civil

Três homens foram presos nesta terça-feira (4) suspeitos do assassinato de um policial militar de Alagoas, João Wellington Bezerra Lins, em março de 2021. Segundo a Polícia Civil, o policial foi morto quando cobrava uma dívida relacionada a uma carga de cigarros contrabandeada.

As prisões aconteceram nesta terça-feira (4), em Teresina e na cidade de Cabeceiras, em cumprimento a mandados de prisão. Os policiais apreenderam com os suspeitos uma farda da Polícia Militar do Piauí, duas espingardas, dois rifles e uma pistola calibre 380, e munições.

Dívida de contrabando

De acordo com a investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o o policial foi assassinado quando fazia cobrança de uma dívida de R$ 75 mil, referente a uma carga de cigarros contrabandeados.

O crime aconteceu no bairro Poti Velho, na Zona Norte de Teresina, na frente da casa de um dos suspeitos presos. O policial estava com mais quatro pessoas em um carro quando foi baleado. Segundo o delegado Francisco Costa, o Barêtta, coordenador do DHPP, o grupo foi atraído para uma emboscada.

"Sabemos que, no local, chegaram quatro pessoas em um veículo preto, já atirando. Um dos tiros acabou atingindo o sub-tenente, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito", disse o delegado.

As outras três pessoas que estavam no carro prestaram depoimento e foram liberadas em seguida. A princípio, eles teriam relatado que estavam em Teresina para cobrar a dívida de um carro. Entretanto, os policiais descobriram que a dívida era referente a uma carga de cigarros contrabandeados.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias