TERIM - TOPO
CANAL 121 - TOPO
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
MANOS GRÁFICA - TOPO
JOGOS - POSIÇÃO TOPO - LINK DIRECIONADO
Policia Civil

Preso homem acusado de atirar no professor Landel em São Pedro do PI

O acusado foi preso pela Polícia Civil de Água Branca na cidade de Parnarama, no estado do Maranhão.

31/10/2017 23h21Atualizado há 2 meses
Por: Irã Batista
Alex Santana foi preso em Parnarama no estado do Maranhão (Imagem: Divulgação Polícia Civil)
Alex Santana foi preso em Parnarama no estado do Maranhão (Imagem: Divulgação Polícia Civil)

A Policia Civil prendeu na tarde desta terça-feira (31/10), o suspeito de ter atirado contra o jovem Landel Franklin, professor de apenas 22 anos, durante uma tentativa de assalto, que acabou vitimando fatalmente. A prisão foi realizada na cidade de Parnarama, na localidade denominada Aumesca, cerca de 30km da zona urbana. O suspeito foi identificado por Alex Santana da Silva, que após a prisão, confessou o crime.

A ação foi comandada pela Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade de Agua Branca, coordenada pelo Delegado Ricardo Moura e equipe de Investigação sob o comando do Delegado Thiago Damasceno.

O crime

O jovem professor morreu após tentativa de assalto, na noite do último dia 25 de setembro, quando voltava para sua residência, que fica localizada cerca de 02km da sede do município.

O caso repercutiu em todos os veículos de imprensa televisiva, sites e impressos. O fato comoveu a população são-pedrense, a ponto de realizarem uma caminhada com milhares de pessoas nas ruas pedindo segurança e uma resposta para o caso.

Além disso, também foi realiza audiência pública na Câmara Municipal com autoridades responsáveis a níveis municipal e estadual em busca de segurança para todos os cidadãos são-pedrenses e uma resposta para fato tão violento e comovente.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários