Segunda, 14 de Junho de 2021
86 9.9458-5206
Polícia DHPP

Acusado de executar mecânico é preso pelo DHPP em Teresina

No dia do crime, a vítima resolveu perseguir o suspeito, que acabou efetuando um tiro contra o rapaz.

08/06/2021 07h43 Atualizada há 6 dias
Por: Redação
Foto: Marcelo Cardoso
Foto: Marcelo Cardoso

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa –DHPP – prendeu nessa segunda-feira (07) um homem identificado como Antônio de Oliveira Cardoso, vulgo Nego Cadilac, acusado do latrocínio contra o mecânico João Marcos da Rocha, ocorrido no dia 20 de novembro de 2020, na Avenida Ayrton Sena, bairro Porto Alegre, zona sul de Teresina.

De acordo com o DHPP, depois de uma intensa investigação, os policiais conseguiram identificar o local em que Antônio de Oliveira Cardoso estava escondido, na Vila Bandeirante, zona leste de Teresina, e resolveram dar o cumprimento ao mandado de prisão preventiva. Na ocasião, ele não ofereceu resistência e foi conduzido para a sede de DHPP.

Contra ele, pesam outras investigações do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa em razão de outras mortes registradas em Teresina.

O comparsa dele, identificado como Antônio Cunha da Silva, recentemente foi preso em uma ação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado – GRECO – no bairro Porto do Centro, zona leste de Teresina, no dia 22 de maio deste ano.

Entenda o caso

Um homem identificado como João Marcos da Rocha, que trabalhava como mecânico, foi assassinado ao perseguir dois assaltantes no dia 20 de novembro, por volta de 13h58, na Avenida Airton Senna, localizada no bairro Porto Alegre, zona sul de Teresina. A vítima tinha apenas 27 anos.

Segundo relatos de testemunhas, dois criminosos realizaram arrastão em um bar situado no bairro Santa Clara, onde estavam a vítima e outros clientes. Na ação criminosa, foram levados vários objetos, inclusive o celular de João Marcos e uma motocicleta de modelo Biz da esposa do dono do estabelecimento. Após o assalto, João Marcos e o proprietário do bar foram atrás dos bandidos utilizando um carro de modelo Celta.

Logo depois, os suspeitos perceberam que estavam sendo perseguidos e um deles atirou contra o carro e acabou acertando João Marcos da Rocha com um tiro. Ele morreu na hora.

 Com informações do GP1

Ele1 - Criar site de notícias