Quinta, 05 de Agosto de 2021
86 9.9458-5206
Saúde Nota

Bebê de Kiki Freitas está em estado grave, afirma Maternidade Santa Fé

O recém-nascido foi reanimado após a complicação que causou a morte da mãe, mas seu quadro é grave.

21/07/2021 16h51 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação

O bebê da odontóloga Kiki Freitas, que morreu durante o parto na manhã desta quarta-feira (21) na Maternidade Santa Fé, se encontra internado em estado grave. A informação foi confirmada pela própria maternidade, por meio de comunicado oficial.

De acordo com a nota, Antônio foi reanimado após a complicação que causou a morte da mãe, mas seu quadro é grave. “O recém-nascido encontra-se em estado grave, após reanimação neonatal realizada pela equipe da Santa Fé”, diz o comunicado da maternidade.

A diretoria da Santa Fé lamentou o falecimento de Kiki Freitas e ressaltou que todas as assistências foram prestadas. “Lamentamos profundamente o ocorrido, esclarecemos que foi prestada toda assistência, assim como se solidariza com a família nesse momento de dor”, consta na nota.

Falecimento

A odontóloga Maria Cristina Almendra Freitas, filha do ex-governador Freitas Neto, morreu na manhã desta quarta-feira (21) após intercorrência em seu parto na Maternidade Santa Fé, em Teresina. Kiki Freitas tinha 36 anos e estava grávida de 40 semanas e 4 dias.

Leia na íntegra a nota da Maternidade Santa Fé

A maternidade Santa Fé esclarece que a paciente Maria Cristina Carvalho Almendra Freitas deu entrada com sua equipe particular composta por duas obstetras, uma enfermeira obstetra, uma fisioterapeuta e uma doula, em trabalho de parto avançado, às 7:49 do dia 21/07/2021.

Durante a assistência ao período expulsivo a paciente evoluiu com sinais de angioedema e desconforto respiratório, sendo realizada medidas imediatas de suporte e parto por via mais rápida devido gravidade do quadro.

Parto normal SEM analgesia/anestesia ocorreu às 8h28. O recém-nascido encontra-se em estado grave, após reanimação neonatal realizada pela equipe da Santa Fé.

A paciente, evoluiu com parada cardiorrespiratória sendo assistida por sua equipe particular, juntamente com o corpo clínico da maternidade, bem como pela equipe da UTI Movel da Unimed, que já se encontrava no local.

Lamentamos profundamente o ocorrido, esclarecemos que foram prestadas toda a assistência, assim como se solidariza com a família nesse momento de dor.

Diretoria Maternidade Santa Fé

Com informações do GP1

Ele1 - Criar site de notícias