Domingo, 26 de Setembro de 2021
86 9.9458-5206
Política & Economia Auxílio emergencial

Governo do Piauí lança auxílio emergencial de R$ 200 para famílias pobres

O Cartão Sasc Emergencial vai atender 15 mil famílias, de todos os municípios piauienses, com um auxílio de R$ 200 pelo período de dois meses, fazendo um montante de R$ 6 milhões.

28/07/2021 17h08 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Imagem: Divulgação Ascom
Imagem: Divulgação Ascom

Governo do Estado e a Secretaria de Estado Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) lançaram, na manhã desta quarta-feira (28/07), o Cartão Sasc Emergencial, benefício que vai atender 15 mil famílias piauienses que vivem em situação de extrema pobreza. A solenidade aconteceu no Palácio de Karnak e foi transmitida de forma virtual pelas redes sociais do Governo do Estado.

O Cartão Sasc Emergencial vai atender 15 mil famílias, de todos os municípios piauienses, com um auxílio de R$ 200 pelo período de dois meses, fazendo um montante de R$ 6 milhões.

Os cartões, que serão distribuídos pelas secretarias de assistência social dos municípios, serão entregues bloqueados e a liberação será por meio de uma senha repassada pela Sasc. 

De acordo com os dados oficiais do Cadastro Único, cerca de 40% da população piauienses são atendidas por programas de transferência de renda, sendo o carro chefe o Programa Bolsa Família. No entanto, a pandemia agravou a situação de desigualdade social, provocando um aumento da necessidade desses benefícios. Dessa forma, o Governo do Estado do Piauí, através da Sasc, assumiu o compromisso de promover, com orçamento próprio, uma retaguarda, de modo a reduzir os agravos trazidos pela pandemia. 

O secretário Zé Santana explica que foram realizados diversos cruzamentos de dados envolvendo a base do cadastro único e do sistema Sasc Integração, permitindo a delimitação de um segmento com um maior nível de dificuldade para ser atendido de forma emergencial. “São pessoas que estão no CadÚnico, com perfil de Bolsa Família e com renda per capita de até R$178, mas que não foram contempladas com outro tipo de benefício de transferência de renda”, reforça.

Zé Santana também falou sobre suas expectativas para o auxílio. “Em parceria com as prefeituras piauienses, vamos levar este auxílio, durante dois meses, a 15 mil famílias do sertão, capital e litoral. O cartão SASC Emergencial é uma realidade que construímos e que esperamos que atenda ao seu objetivo, levando nossa fé de que tudo isso vai passar, e mais na frente olharemos para trás e teremos a certeza de que como gestores e cidadãos não fomos omissos diante de nossas responsabilidades, e mais do que isso, fomos humanos e solidários com quem realmente necessitou de um auxílio amigo de verdade”, afirma.

Fonte: Sasc /PI

Ele1 - Criar site de notícias