Quinta, 28 de Outubro de 2021
86 9.9458-5206
Cidades Amarante

Prefeito Diego Teixeira inaugura Museu Casas de Amarante

O prefeito Diego Teixeira falou sobre como o turismo se beneficia dessa segunda etapa do programa VivAmar.

19/09/2021 08h23 Atualizada há 1 mês
Por: Redação
Imagem: João Albert
Imagem: João Albert

A Prefeitura Municipal de Amarante inaugurou, na sexta-feira (18), o Museu Casas de Amarante, formado por oito casarões históricos que contam a história da cultura e do povo amarantino. Essa foi a segunda etapa do programa VivAmar, que comemora os 150 anos da cidade. Os amarantinos receberam com alegria e curiosidade a novidade.

Na inauguração, o prefeito Diego Teixeira falou sobre como o turismo se beneficia dessa segunda etapa do programa VivAmar. “Segunda etapa concluída e nessas oito estações nós podemos ver a beleza que são os casarões de Amarante e a nossa cultura. O que queremos mostrar é a Amarante bela, a Amarante cultural para o Piauí, para o Brasil e para o mundo”, afirmou o prefeito.

As obras de requalificação são recurso da Prefeitura, em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura do Piauí, por meio do SIEC. O secretário de cultura, Fábio Novo, falou que a ideia é que o percurso seja feito a partir da escadaria Alto Poeta da Costa e Silva. “Quando você desce, você vai ver vários prédios históricos de Amarante, por isso o nome Museu Casas de Amarante. É um circuito que você pode fazer pelo Centro Histórico da cidade”, explicou.

A museografia do museu Casas de Amarante foi feita pelo renomado arquiteto Paulo Vasconcellos. Emocionado, o arquiteto falou sobre a entrega. “Estive em Amarante muitas vezes e todas as vezes via casas como a Botica estagnadas e é a primeira vez que a vejo aberta à visitação. Além dos donos das casas, a população participou disso, a gente sente a receptividade das pessoas. Elas perguntam, interagem e compreendem a importância das casas, então é verdadeiramente um trabalho de educação patrimonial”, diz Paulo.

Oito casas e oito motivos para visitar Amarante

O Museu Casas de Amarante é um atrativo a mais para visitar a cidade, que está cada vez mais inserida no roteiro turístico do Piauí. Já conhecida por valorizar a dança regional, a cachaça e o ecoturismo, conheça agora oito motivos para visitar cada estação do Museu Casas de Amarante.

- Casa das Origens valoriza os diversos rostos amarantinos. Amarante é conhecida por ser berço de grandes políticos e poetas, mas nessa estação as origens indígenas, negras e portuguesas são valorizadas da mesma forma.

- Reviver um salão da década de 1950 no Salão Bela Vista.

- Na Casa da Música e Dança você encontra a representação dos ritmos regionais e tradicionais de Amarante, como Pagode do Mimbó e Bumba-Meu-Boi do Piauí, entre outros.

- Casa dos Azulejos para você que gosta de tirar foto em belas fachadas de casas históricas.

- Museu do Divino é parte robusta da cultura religiosa de Amarante, com um acervo de mais de 50 oratórios, miniaturas, bandeiras e flâmulas usadas na tradicional Festa do Divino de Amarante.

- Jardim da Poesia ‘Poeta da Costa e Silva’ na casa onde nasceu um dos maiores poetas do Brasil e autor do hino do Piauí.

- Botica Dr. Eleazar, a primeira farmácia do Piauí que ainda conta com frascos e fórmulas do médico e farmacêutico Eleazar Pereira da Cunha. Um charme à parte durante a noite.

- E mais: ao visitar Amarante, é impossível não conhecer o alto Da Costa e Silva.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias