Sábado, 04 de Dezembro de 2021
86 9.9458-5206
Educação Piauí

Jovem que recebeu RG 1 minuto antes do portão fechar já tinha feito redação com tema do Enem 2021

Professor não conhecia a candidata, mas sentiu que devia ajudar a jovem para que ela não perdesse a prova do Enem.

21/11/2021 21h22 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Candidata Bruna Karine, de 23 anos, recebeu do RG 1 minutos antes do portão fechar — Foto: Reprodução
Candidata Bruna Karine, de 23 anos, recebeu do RG 1 minutos antes do portão fechar — Foto: Reprodução

A candidata Bruna Karine, de 23 anos, que esqueceu o documento de identidade em casa e foi salva pelo professor Stanley Lustosa de Vasconcelos, que buscou o seu documento, afirmou que já tinha feito redação com o tema do Enem 2021 deste domingo (21).

Bruna Karine quer fazer o curso de enfermagem. Na tarde deste domingo, ela foi até a primeira prova do Enem no campus da Universidade Estadual do Piauí, no bairro Pirajá, quando percebeu que esqueceu o documento de identidade em casa, no bairro Primavera, ambos na Zona Norte de Teresina.

O marido da candidata estava com uma criança pequena em casa e não poderia sair. Foi quando o professor Stanley Lustosa de Vasconcelos decidiu ajudar. Ele percebeu que ela estava tentando arranjar uma forma de buscar o documento, então resolveu ir até à residência da candidata, e retornou quando estava faltando um minuto para o fechamento dos portões do local de prova.

“Aquele momento do início, eu cheguei tranquila e animada para fazer a prova, mas quando eu olhei e faltou RG. Minha preocupação foi a mil. Comecei a chorar, pensando que não iria conseguir fazer a prova e aí chegou um rapaz e me ajudou. Foi até a minha casa, pegar o documento com o meu marido. Ele percebeu que seu estava muito angustiada e que não iria conseguir fazer a prova”, afirmou.

Apesar do susto, ela afirmou que conseguiu se concentrar para a prova. “Fiz a prova toda. Estava fácil, muito fácil”, disse a candidata.

Bruna não se surpreendeu nem mesmo com o tema da redação “Invisibilidade e Registro Civil”, pois segundo ela, já tinha estudado e feito uma redação anteriormente com esse assunto.

“Era o que eu esperava. Não tive nenhuma dificuldade para fazer”, afirmou a candidata.

Bruna Karine é natural de Palmas, no estado do Tocantins. Ela se mudou para Teresina este ano e fez o Enem em 2016 e 2017. Só não participou em 2018, porque o pai faleceu. A estudante começou enfermagem em uma faculdade privada, mas veio a pandemia e ela foi demitida do emprego, por isso, teve que largar os estudos.

 Com informações do G1 Piauí

Ele1 - Criar site de notícias