Sexta, 28 de Janeiro de 2022
86 9.9458-5206
Esportes Futebol

Renato Gaúcho é demitido do Flamengo após derrota na Libertadores

Mauricio Souza, ex-sub-20 e que vinha sendo auxiliar na comissão de Renato, comandará o time até o fim do Campeonato Brasileiro

29/11/2021 18h04
Por: Redação
Após eliminações, Renato Gaúcho deixa o comando do Flamengo (Imagem: Marcello Zambrana/AGIF)
Após eliminações, Renato Gaúcho deixa o comando do Flamengo (Imagem: Marcello Zambrana/AGIF)

Renato Gaúcho não é mais técnico do Flamengo. O treinador não resistiu à derrota na final da Libertadores, para o Palmeiras, no último sábado, e teve sua saída definida hoje pelo Rubro-Negro. 

Mauricio Souza, ex-sub-20 e que vinha sendo auxiliar na comissão de Renato, comandará o time até o fim do Campeonato Brasileiro.

- O Clube de Regatas do Flamengo informa que, após conversa entre as partes, o técnico Renato Gaúcho não comanda mais o time principal - publicou o clube nas redes sociais.

No desembarque da delegação no Rio de Janeiro, ontem (28), o vice de Futebol Marcos Braz já havia indicado que uma reunião hoje poderia definir os próximos passos no departamento. 

O cenário já era de pressão antes mesmo da derrota para o Palmeiras, mas o clima ficou ainda mais pesado com o revés no Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O próprio Renato Gaúcho, após a partida, conversou com o elenco em tom de despedida, ainda no vestiário.

Com contrato até o fim do ano, Renato já não seguiria no clube em 2022 por opção da diretoria e do próprio treinador e por não haver mais clima diante do trabalho e dos resultados. Restava a decisão da ruptura imediata ou ao término do Brasileirão. Pela questão da logística de voltar no mesmo voo e do luto pela derrota, a diretoria do Flamengo evitou bater o martelo na capital uruguaia.

O técnico chegou à Gávea em 10 de julho, para substituir Rogério Ceni. O início foi animador, com goleadas em sequência, mas o rendimento caiu e a situação mudou. 

A eliminação na semifinal Copa do Brasil, com derrota para o Athletico-PR em casa, foi um duro golpe. Na arquibancada, a torcida gritou o nome do ex-técnico Jorge Jesus, nos bastidores, Renato entregou o cargo, mas não teve o pedido aceito.

A equipe rubro-negra entra em campo amanhã ainda com chances matemáticas de conquistar o Brasileiro, mas os números são bastante remotos — 0,17%, segundo a Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, o líder Atlético-MG tem 78 pontos, contra 67 do time da Gávea.

Desde a saída de Jorge Jesus, em julho do ano passado, o Flamengo teve três treinadores: Domènec Torrent, Rogério Ceni e Renato Gaúcho.

 

Ele1 - Criar site de notícias