Sexta, 28 de Janeiro de 2022
86 9.9458-5206
Educação Piauí

Gestores da Seduc avaliam ações e planejamento na Educação para 2022

O evento de avaliação do plano de ação está sendo realizada no Diferencial Buffet até a próxima sexta-feira (3).

01/12/2021 15h36 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: CCom
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Os superintendentes e diretores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciaram, na manhã desta quarta-feira (1º), a avaliação das ações desempenhadas em 2021 e o planejamento para o ano seguinte, 2022. O evento de avaliação do plano de ação está sendo realizada no Diferencial Buffet até a próxima sexta-feira (3).

A programação orientou os gestores quanto à importância do planejamento estratégico de suas metas para alcançar os objetivos propostos na educação estadual, bem como informar modelos aos gestores e técnicos da Secretaria da Educação, para que possam avaliar e construir as atividades.

O secretário da Educação, Ellen Gera, destacou em sua fala a execução das metas para a área que estão no plano de governo e foram alcançadas. “Neste encontro realizamos o planejamento, pois temos muitas políticas de estado na área da educação como a institucionalização do Pactue; as expansões da educação superior com a Uapi; ampliação da educação profissional com as ofertas de ensino técnico. Cumprimos as metas para ofertas das modalidades em todos os municípios. Iremos propor a ampliação da matrícula da EJA, modernização das estruturas e para isso é necessário definir as estratégias e o plano de execução para consolidar este planejamento mais à frente”, declarou o gestor.

Entre as ações discutidas estão:

– Oferta de curso superior em todos os municípios, como a Uapi;

– Oferta de educação profissional nos 224 municípios;

– Fortalecimento da escola com criação do Projeto de Lei que permite repasse de recursos para escolas – Lei do Pactue;

– Elevação da escolaridade com fortalecimento da EJA usando a Busca Ativa para captar estudantes que estão fora da escola.

– Aumento de matrícula ultrapassando, inclusive, a porcentagem de recursos do Fundeb que poderiam ser investidos nesta modalidade;

– Maior número de jovens e adultos fazendo educação profissional;

– Implementação do Proaja.

O encontro, organizado pela Unidade de Planejamento, reuniu os representantes das superintendências de Ensino Superior, Ensino da Educação Básica, Educação Profissional e Educação de Jovens e Adultos, além das onze unidades que compõem a Seduc.

Ele1 - Criar site de notícias