Terça, 17 de Maio de 2022
86 9.9458-5206
Esportes UFC

Aos 43 anos, amarantino Massaranduba dá show e vence Danny Roberts no UFC

Dos sete lutadores brasileiros que se apresentaram antes da luta principal, apenas o veterano de 43 anos saiu vitorioso.

08/05/2022 12h35 Atualizada há 7 dias
Por: Redação
Francisco Massaranduba Danny Roberts UFC 274 — Foto: Getty Images
Francisco Massaranduba Danny Roberts UFC 274 — Foto: Getty Images

Aos 43 anos de idade, o peso-meio-médio Francisco Massaranduba mostrou que ainda tem muita lenha para queimar no UFC. Com uma atuação forte e madura do início ao fim, o piauiense dominou o inglês Danny Roberts por três rounds, conquistando por decisão unânime dos juízes (29-28, 30-26 e 30-27) a primeira vitória do Brasil no evento. 

O primeiro round foi equilibrado, com os dois lutadores buscando o combate, e Massaranduba, mesmo tomando mais a iniciativa dos ataques, pecando um pouco na precisão dos golpes, O brasileiro conseguiu acertar seu primeiro bom golpe após a metade do round, com um direto de esquerda que Roberts absorveu. Controlando bem a distância, o brasileiro evitava ser acertado pelo inglês. 

O brasileiro começou muito bem o primeiro round, conseguindo abalar Danny Roberts nos segundos iniciais com um golpe de esquerda. Sentindo os golpes de Massaranduba, o inglês sentia o castigo do brasileiro, que novamente conseguiu abalá-lo. Ferido no supercílio, Roberts tentava se afastar, mas Massaranduba levou a luta para o chão, tentando o katagatame. O inglês se defendeu, mas seguiu levando desvantagem no chão. No minuto final, Roberts conseguiu se levantar, mas sofreu novo castigo do brasileiro. Mesmo tentando revidar, o inglês terminou o round muito desgastado. 

O combate se manteve intenso no terceiro round. Danny Roberts tentou uma joelhada voadora após um minuto de luta, mas Massaranduba absorveu. Com maturidade, o brasileiro evitava se expor na luta, já que tinha uma boa vantagem construída nos rounds anteriores. Mantendo o inglês à distância com bons jabs e diretos, Massaranduba controlava a luta. Com tranquilidade, o brasileiro tentou não correr riscos no minuto final, mas recebeu dois bons golpes junto à grade. Mesmo assim, travou a luta e garantiu a vitória.

Com informações do Globoesporte/Combate

Ele1 - Criar site de notícias