Anúncio
Execução

Homem é executado a tiros no bairro Campo Novo em Água Branca

A Polícia Militar convencional, a Força Tática e a Polícia Civil foram chamadas e estiveram no local. O Instituto de Medicinal Legal também foi acionado para fazer a remoção do corpo.

17/03/2019 19h45Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Viatura da Polícia Militar no local do crime (Imagem: Canal 121)
Viatura da Polícia Militar no local do crime (Imagem: Canal 121)

Um homem identificado apenas como Israel de Sousa Brito, também conhecido como Careca foi executado com pelo menos três tiros de arma de fogo por volta das 18h deste domingo (17), no bairro Campo Novo em Água Branca. O crime aconteceu no entroncamento da rua Laurindo Costa com a rua Antonio Miranda. Ele tem várias passagens pela polícia.

Israel estava em um veículo modelo Gol vermelho, placa NHO-5675, quando foi atingido pelos disparos feitos a queima-roupa. Ele morreu no local. A polícia investiga o caso, e a hipótese acerto de contas não foi descartada.

Uma testemunha, que não quis ser identificada, disse que ouviu uma pessoa pedir para Israel estacionar o carro, e logo em seguida, ouviu os disparos. Os tiros acertaram na cabeça de Israel.

A Polícia Militar convencional, a Força Tática e a Polícia Civil foram chamadas e estiveram no local. O Instituto de Medicinal Legal também foi acionado para fazer a remoção do corpo.

Em novembro do ano passado, Israel foi atingido com vários tiros de arma de fogo durante uma festa de reggae na comunidade Pedras, município de São Pedro do Piauí. Naquela ocasião, Israel foi socorrido e encaminhado para um hospital, onde passou vários dias internado. Também naquela ocasião, um jovem Wellington Cléssio foi morto. A Polícia disse o crime estaria relacionado ao uso de drogas.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários