SLIDE 1 728x90 - AGOSTO 2019
Alerta

Piauí tem 108 cidades com risco de doenças pelo Aedes aegypti

A Sesapi recomendou que os municípios devem manter a vigilância, devido à 25 municípios estarem com índice de 4%, para o risco de infestação do Aedes aegypti.

Piauí

PiauíNotícias do Piauí

25/03/2019 18h08Atualizado há 5 meses
Por: Redação
Aedes Aegypti (Imagem: Divulgação)
Aedes Aegypti (Imagem: Divulgação)

Mais de 100 municípios do estado do Piauí estão alerta e possuem risco para ocorrência de surto das doenças relacionadas ao mosquito Aedes aegypti.

Nesta segunda-feira (25), a Secretaria de Estado de Saúde do Piauí (Sesapi), informou que o Boletim Epidemiológico é referente aos meses de fevereiro e março deste ano. O estudo mostra que são 108 cidades piauienses que estão com o risco de alta infestação do mosquito.

A Sesapi recomenda que os municípios devem manter a vigilância, devido à 25 municípios estarem com índice de 4%, para o risco de infestação do Aedes aegypti.

Os dados da pesquisa, são coletados por agentes de saúde nas residências, que verificam a existência de foco do mosquito no local, após a verificação, os dados são enviados para as secretarias de saúde e em seguida para o Ministério da Saúde.

Municípios com situação de maior risco

Alagoinha do Piauí, Alvorada do Gurguéia, Avelino Lopes, Belém do Piauí, Campo Grande do Piauí, Cocal de Telha, Demerval Lobão, Fartura do Piauí, Flores do Piauí, Francisco Santos, Guadalupe, João Costa, Júlio Borges, Landri Sales, Marcolândia, Matias Olímpio, Miguel Alves, Monsenhor Hipólito, Morro Cabeça no Tempo, Pajeú do Piauí, Pio IX, Pedro II, Regeneração, Santana do Piauí e Simões.

Com informações do GP1

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários