BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 2
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 1
CALÇADEIRA PÉ QUENTE
TERIM - TOPO
RC MOTOS - BARRO DURO - REGIS
TJR - AUTO PEÇAS - TERESINA PIAUÍ
MANOS GRÁFICA - TOPO
CANAL 121 - TOPO
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
GR GÁS E ÁGUA - SÃO GONÇALO DO PIAUÍ - GASPAR
Homicídio

Suspeito é morto a tiros em tentativa de assalto durante a madrugada em Água Branca

O caso aconteceu durante a madrugada deste domingo (14).

14/04/2019 08h15Atualizado há 10 meses
Por: Redação
O corpo do jovem ficou caído sobre uma motocicleta (Imagem: Divulgação PM)
O corpo do jovem ficou caído sobre uma motocicleta (Imagem: Divulgação PM)

Um jovem, entre 17 e 18 anos, foi morto em uma troca de tiros durante uma tentativa de assalto ocorrido na madrugada deste domingo (14), no bairro Poeirão, em Água Branca.

De acordo com relatos de testemunhas três homens entraram na residência do empresário identificado como Antônio Lima Baltazar, proprietário da Madeireira Globo, durante a madrugada, quando teria acontecido a troca de tiros. Um dos criminosos foi alvejado e morreu no local.  A polícia não informou em que circunstância ocorreu o homicídio. O corpo do jovem ficou caído na varanda da residência sobre uma das motocicletas utilizadas por eles.

De acordo com informações repassadas pela polícia Militar, a ocorrência foi informada à PM por volta das 4h30 da madrugas. “As guarnições de serviço em Água Branca receberam uma ligação de populares comunicando que tinha ocorrido disparos de arma de fogo no bairro Poeirão, na Avenida José Miguel. As equipes de serviços foram até ao local e foi encontrado arrebentado o portão da residência do Senhor de nome Antônio Lima Baltazar e na varanda da casa estava um corpo do jovem sobre uma moto, de placa NIP-2490, e outra moto sem placa abandonada na mesma varanda. O empresário disse que os demais tinham saído correndo pelas ruas”, relatou um policial de plantão.

O caso foi comunicado à Polícia Civil para que fossem tomadas as providências necessárias.

O caso será investigado pela Polícia Civil.