Anúncio
BBB 2019

'BBB 19': polícia determina que Paula será intimada a depor sobre intolerância religiosa

A milionária está sendo denunciada pelos seus ex-colegas de confinamento Rodrigo França e Gabriela Hebling.

16/04/2019 07h45
Por: Rafael Gomes
Fonte: GP1
(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

A vencedora do Big Brother Brasil 19, Paula Sperling, foi intimada nesse sábado (13) pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) para prestar depoimento. A ex-BBB é acusada por injúria e preconceito, baseado em intolerância religiosa.

Os autores da ação judicial são seus ex-colegas de confinamento Rodrigo França e Gabriela Hebling por um comentário feito por Paula durante o confinamento. “Eu tenho muito medo do Rodrigo. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso, mas nosso Deus é maior”, disse Paula em conversa com Diego e Hariany.

A assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro revelou em entrevista a Uol que Paula deve depor na próxima quarta-feira (17), mas que o delegado Gilbert Stinello pode adiantar o encontro para terça-feira (16). A irmã da ex-BBB, Mônica Von Sperling, é advogada e já estava se preparando para o eventual processo.

Durante entrevista coletiva, a milionária afirmou que irá se responsabilizar pelos seus atos. “Fui eu mesma e não medi as palavras. Mesmo sendo processada, ganhei R$ 1,5 milhão e vou encarar tudo que tiver por vir”, concluiu. Se condenada, Paula pode pegar três anos de reclusão

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários