MANOS GRÁFICA - TOPO
TERIM - TOPO
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
JOGOS - POSIÇÃO TOPO - LINK DIRECIONADO
CANAL 121 - TOPO
Investigação

Corpo de homem é encontrado com profunda lesão na cabeça na PI 112 entre Teresina e União

De acordo com o agente Alan, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ainda não há informações sobre a causa da morte, que somente será verificada após a necropsia.

08/09/2019 13h40Atualizado há 2 semanas
Por: Diogo Costa
Local onde o corpo foi encontrado/Reprodução
Local onde o corpo foi encontrado/Reprodução

O corpo de um homem ainda não identificado, entre 45 e 50 anos, foi encontrado com uma pancada na cabeça, no início da manhã deste domingo (08), por volta das 5 horas, na PI 112, estrada que liga Teresina ao município de União. O caso aconteceu próximo ao povoado Gurupá.

De acordo com o agente Alan, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ainda não há informações sobre a causa da morte, que somente será verificada após a necropsia. “Até o presente momento não se sabe se foi realmente um homicídio, estamos esperando a confirmação do médico-legista", afirmou.

Segundo coronel Galvão, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, o BPRE esteve no local e não encontrou marcas que sinalizam um acidente de trânsito. "O corpo foi encontrado, não tem marca de tiros, tem uma pancada forte na cabeça, mas também não tem marcas de batida, o BPRE esteve lá e não encontrou marcas de frenagem na via", afirmou.

O coronel disse ainda que a Perícia Criminal que esteve no local informou que o caso tem características de homicídio devido o corpo apresentar sinais de defesa e não possuir lesões relacionadas a acidente de trânsito.

As investigações ficarão sob responsabilidade do DHPP.

Com informações do GP1

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários