TERIM - TOPO
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
JOGOS - POSIÇÃO TOPO - LINK DIRECIONADO
MANOS GRÁFICA - TOPO
CANAL 121 - TOPO
Torcedores

Mãe que narra jogo para filho cego é finalista de prêmio da Fifa

Silvia Grecco conta para seu filho Nikollas tudo o que acontece nas partidas do Palmeiras e agora pode ganhar o prêmio de torcedora símbolo da temporada.

08/09/2019 19h15
Por: Rafael Gomes
(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

No dia 9 de setembro de 2018, Silvia Grecco ficou conhecida no Brasil inteiro ao ser flagrada narrando a vitória do Palmeiras sobre o Corinthians, por 1 a 0, para seu filho Nikollas, na época com 11 anos, que tem deficiência visual e autismo e é palmeirense fanático. 

Na manhã desta segunda-feira (2), quase um ano depois, o mundo descobriu quem é a palmeirense fanática que passou sua paixão para o filho e o apoia na torcida. A Fifa anunciou que Silvia é uma das finalistas ao prêmio de torcedora símbolo da temporada 2018/19. "Recebi inúmeras mensagens logo de manhã e fui conferir no site e vi nosso nome. Estamos muito emocionados com a indicação", conta a torcedor. 

A brasileira concorre com torcedores da Holanda que chamaram atenção na Copa do Mundo Feminina; e com Justo Sanchéz, uruguaio que torce para o Cerro, mas que acompanha os jogos do rival Rampla Juniors da arquibancada para homenagear seu filho falecido. 

A escolha vai ser feita na internet por voto popular. A entrega do prêmio acontece no dia 27 de setembro, em Milão. Silvia e Nikollas vão para Itália participar da festa ao lado de Messi, Cristiano Ronaldo e todas as estrelas do futebol. 

Para ela esse reconhecimento mudou a vida de sua família, mas chamou atenção às pessoas que têm deficiência. "Mudou muito nossa rotina, as pessoas nos reconhecem! Não tenho dúvidas que o mais importante é dar visibilidade à causa da pessoa com deficiência. É o mundo ouvir que eles existem, que precisam ser amados, respeitados e incluídos.  O futebol tem esse poder transformador", explica a palmeirense.

A rotina da família não mudou tanto e eles são figurinhas facilmente encontradas no Allianz Parque. "Há cinco anos vamos pelo menos uma vez por mês ver o Palmeiras. Antes íamos no anonimato (risos). Agora ele é símbolo da torcida."

Nikollas fica feliz com tantas novidades em sua vida. No último dia 26, por exemplo, ele foi um dos convidados da festa dos 105 anos do Palmeiras. "Ele está muito entusiasmado. Ele tem a pureza do autismo e não entende a proporção disso tudo. Mas está feliz que vai participar dessa festa e conhecer alguns ídolos", comemora a mãe coruja. 

Agora é torcer pelos brasileiros na premiação mais importante do mundo do futebol. 

 Informações do R7

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários