CANAL 121 - TOPO
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
MANOS GRÁFICA - TOPO
TERIM - TOPO
JOGOS - POSIÇÃO TOPO - LINK DIRECIONADO
Feminicídio

Homem agride a ex-companheira que morre ao bater a cabeça no chão no Piauí

Na ocasião, a vítima teria batido a cabeça em uma calçada durante as agressões.

22/09/2019 21h03Atualizado há 3 semanas
Por: Rafael Gomes
(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

Uma mulher identificada como Eliane Lima morreu na tarde deste domingo (22), após briga com seu ex-companheiro. O caso ocorreu por volta das 16h nas imediações do Mercado público de Campo Maior. O acusado, Sebastião Vieira de Sousa, confessou o ato para a polícia. A linha que a polícia trabalha neste caso é de feminicídio, que é quando o crime de morte acontece por um conjunto de violência doméstica e familiar ou como discriminação em razão da condição de gênero da mulher.

Segundo as informações repassadas pelo Sargento Ibiapina ao portal Meio Norte, o crime foi motivado por ciúmes. De acordo com ele, o casal vivia ainda consumido bebidas alcoólicas e já havia brigado várias vezes, inclusive, conduzidos pela polícia ao Distrito Policial, mas acabavam sendo liberados.

Na ocasião, a vítima teria batido a cabeça em uma calçada durante uma discussão que resultou em agressões. "A perícia é que vai investigar a real causa da morte", disse o Sargento. Ainda conforme o agente, o acusado foi preso em flagrante à 400 metros do local do crime, no bairro Matadouro. 

O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para fazer a remoção do corpo de Eliane Lima.

Casos de Feminicídio no Piauí

Somente em 2019, foram 20 mulheres assassinadas no Piauí. Deste número, 12 foram por razões de feminicídio, o que representa 60% dos crimes registrados. Dos 12, 10 foram no interior e dois na capital.  O dado mostra o recorte de um povo ainda machista, pois mais da metade das mulheres assassinadas em todo o Estado foram por razões de gênero. 

Os números assustam quando comparados aos do ano de 2018, que registrou 25 casos em 12 meses. Antes do final do primeiro semestre do ano, o número já beira à metade dos casos do ano passado.

 Informações do Portal Meio Norte

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários