FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
CANAL 121 - TOPO
TERIM - TOPO
MANOS GRÁFICA - TOPO
Levantamento

Carro da família morta em acidente na BR-316 em Monsenhor Gil invadiu pista contrária, aponta PRF

Ainda segundo a PRF, o carro de passeio Hyunday/HB20S, onde estava a família, era conduzido por Thiago no momento da colisão.

05/10/2019 13h36Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Thamyris Andrade, Santana Andrade e Thiago Andrade (Imagem: Divulgação)
Thamyris Andrade, Santana Andrade e Thiago Andrade (Imagem: Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal informou, na manhã deste sábado (05), que levantamento apontou que o carro em que estavam a psicóloga Santana Andrade e seus dois filhos, o advogado Thiago Andrade e a bacharel em Direito, Thamyris Andrade, invadiu a pista contrária vindo a colidir no caminhão carregado de tijolos na BR 316, em Monsenhor Gil. Os três morreram na tarde de ontem (04) após a colisão.

“De acordo com levantamento dos policiais rodoviários federais que estiveram no local, o veículo de passeio invadiu a faixa contrária colidindo frontalmente com o veículo de carga”, informou o inspetor da PRF, Alexsandro Lima.

Ainda segundo a PRF, o carro de passeio Hyunday/HB20S, onde estava a família, era conduzido por Thiago no momento da colisão. O motorista do caminhão VW/24.280 CRM 6X2 carregado com tijolos, saiu ileso do acidente.

Ainda não se sabe por qual motivo o advogado invadiu a pista contrária.

O acidente

Após deixar a missa de sétimo dia do irmão, identificado apenas como Júnior, a família de Maria Santana Andrade sofreu o acidente. Por volta das 16h, no município de Monsenhor Gil, o veículo da família, um Hyundai/HB20S, colidiu frontalmente com um caminhão carregado com tijolos.

SIGA O CANAL 121 NO INSTAGRAM

Com informações do GP1

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários