FACULDADE UNOPAR - 04-11-2019
MANOS GRÁFICA - TOPO
TERIM - TOPO
CANAL 121 - TOPO
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
WhatsApp

WhatsApp agora permite que usuário escolha qual grupo vai participar

A configuração em questão permite aos usuários definir quem pode adicioná-los em grupos.

Cinema e Tecnologia

Cinema e TecnologiaRafael Gomes

06/11/2019 20h25
Por: Rafael Gomes
(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

O WhatsApp está trabalhando em diversos recursos para garantir a privacidade de seus usuários. Após disponibilizar a opção de bloqueio por impressão digital do aplicativo, a plataforma está lançando aos poucos uma configuração que vai impedir que qualquer pessoa possa adicionar usuários em grupos não solicitados.  

A configuração em questão permite aos usuários definir quem pode adicioná-los em grupos. Há a opção de se manter "disponível" para que todos possam adicioná-lo, permitir que apenas contatos façam isso ou apenas algumas pessoas específicas. 

Os testes dessa funcionalidade ocorreram para os usuários beta do aplicativo em outubro. Agora, ao que parece, o recurso começou a ser liberado para todos. Como era de se esperar, a função começa a aparecer aos poucos, então ela pode não estar disponível para todos neste momento.

Essa função é um pouco diferente de um recurso disponibilizado no começo deste ano. Em fevereiro, o WhatsApp liberou uma opção para que os usuários recusassem os convites para grupos. Isso servia para evitar que ele fosse adicionado a grupos que não tinha interesse.

Em países como a Índia, onde o WhatsApp é muito popular, a prática de adicionar desconhecidos a grupos é bastante comum. Isso pode não ocorrer muito no Brasil, mas é sempre bom saber que há uma opção para se prevenir disso caso seja necessário.

Com informações do Olhar Digital

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários