BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 1
MANOS GRÁFICA - TOPO
GR GÁS E ÁGUA - SÃO GONÇALO DO PIAUÍ - GASPAR
CALÇADEIRA PÉ QUENTE
TERIM - TOPO
BANNER DA INTERNET - SÃO GONÇALO 2
CANAL 121 - TOPO
TJR - AUTO PEÇAS - TERESINA PIAUÍ
FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
RC MOTOS - BARRO DURO - REGIS
Buscas

Corpo de jovem desaparecida após barco virar na Barragem de Jenipapo é encontrado

Segundo a Polícia Militar, as buscas foram iniciadas às 5h desta segunda-feira (18) e o corpo foi localizado por volta das 11h, aproximadamente 14 metros de profundidade na barragem.

Piauí

PiauíNotícias do Piauí

18/11/2019 22h05Atualizado há 2 meses
Por: Redação
O corpo de Alexandra Rodrigues de Novais, 16 anos, foi encontrado a 14 metros de profundidade — Foto: Divulgação/PM
O corpo de Alexandra Rodrigues de Novais, 16 anos, foi encontrado a 14 metros de profundidade — Foto: Divulgação/PM

Bombeiros encontraram na tarde desta segunda-feira (18) o corpo da adolescente Alexandra Rodrigues de Novais, 16 anos, que estava desaparecida desde domingo (17) após o barco que ela estava com familiares virar na Barragem do Jenipapo, em São João Do Piauí, a 454 km de Teresina. Segundo a polícia, a vítima estava aproximadamente 14 metros de profundidade.

Segundo o capitão Edilson, da Polícia Militar, o banco que a família utilizada era improvisado. "É uma fatalidade o que aconteceu com a jovem. As buscas iniciaram por volta das 5h e o Corpo de Bombeiros encontrou a adolescente por volta das 11h. Ela estava a 14 metros de profundidade nas águas da barragem”, contou.

De acordo com a polícia, a adolescente foi encaminhada para o hospital, onde passou por exame com um médico legista. Em seguida, o corpo foi levado para o município de Canto do Buriti, onde mora a família da vítima.

Com informações do G1 Piauí

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários