FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
MANOS GRÁFICA - TOPO
TERIM - TOPO
CANAL 121 - TOPO
FACULDADE UNOPAR - 04-11-2019
Operação Apocalipse

Polícia deflagra operação contra roubo e receptação de veículos em Teresina

37 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão foram cumpridos por mais de 100 policiais.

04/12/2019 08h58Atualizado há 1 dia
Por: Redação
 Imagem: Divulgação / SSP-PI
Imagem: Divulgação / SSP-PI

A Polícia Civil do Estado do Piauí deflagrou a 2ª fase da 'Operação Apocalipse' na manhã desta quarta-feira (04/12), com o objetivo de cumprir diversos mandados de prisão preventiva, temporária e busca e apreensão visando o combate a duas organizações criminosas voltadas para o roubo, furto, receptação e adulteração de veículos em Teresina.

Em meados de 2018 iniciou-se uma investigação para desarticular grupos criminosos organizados voltados para a prática habitual de crimes envolvendo veículos, visto que o número de roubos e furtos de motos e carros vinha aumentando na capital.

A partir das investigações, percebeu-se dois grupos de criminosos com inúmeros integrantes, que em dado momento se comunicaram, voltados, organizadamente, para furto, roubo, receptação e adulteração de veículos.

Para combater essa criminalidade organizada, que vem assolando o patrimônio de muitos piauienses, a Delegacia de Polícia Interestadual (POLINTER) realiza a operação direcionada para prender membros desses dois grupos criminosos, que são responsáveis pelo furto, roubo, receptação e adulteração de inúmeros veículos neste mais de um ano e meio de investigação.

O nome Apocalipse refere-se ao “fim dos tempos”, expressando a determinação da POLINTER de dar fim a criminalidade organizada que contribui, e muito, para a ocorrência de crimes de furto e roubo de motocicletas, desarticulando um esquema articulado de receptação, adulteração e venda de veículos.

Diante das provas coletadas no curso do Inquérito Policial, foram solicitados pela POLINTER e deferidos pelo juiz da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina/PI, Dr. Luiz de Henrique Moreira Rego, após parecer favorável do Ministério Público do Piauí (MPPI), 37 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão, cumpridos por mais de 100 policiais, dentre policiais da própria POLINTER e de Policiais Civis de diversos Distritos da Capital e Metropolitana, além de equipes da DEPRE, DRCI, DHPP, bem como pelas Delegacias de Esperantina-PI, Água Branca-PI, Pedreiras-MA e SEJUS-PI.

Com informações do 180Graus

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários