Sexta, 07 de Agosto de 2020
86 9.9458-5206
Geral Chuvas

Barragem transborda após forte chuva na região sul do Piauí

A chuva intensa causou alagamento na região e provocou o sangramento da Barragem do Padre. De acordo com o INMET, a cidade é uma das que está com alerta amarelo para chuvas intensas.

09/01/2020 19h57 Atualizada há 7 meses
Por: Redação
Fluxo de água diminuiu, na tarde desta quinta (9), na Barragem do Padre, mas há previsão de mais chuvas intensas na região — Foto: Divulgação/Prefeitura de Jacobina do Piauí
Fluxo de água diminuiu, na tarde desta quinta (9), na Barragem do Padre, mas há previsão de mais chuvas intensas na região — Foto: Divulgação/Prefeitura de Jacobina do Piauí

A Barragem do Padre, no município de Jacobina do Piauí, distante a 448 km ao Sul de Teresina, transbordou na tarde dessa quarta-feira (08) depois de uma chuvarada. A cidade, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), é uma das que está com alerta amarelo para chuvas intensas.

O prefeito do município, Gederlânio Rodrigues, disse que a barragem excedeu ao seu limite durante as chuvas, mas que anteriormente se encontrava quase seca.

“Nós estamos cientes da situação, sabemos que a barragem não está em perfeitas condições, mas a situação é estável e já mandamos uma equipe monitorar e realizar um levantamento”, informou.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Rural e Recursos Hídricos da cidade, Francisco de Abreu, apesar das chuvas intensas, não houve dano. "Com o volume intenso das chuvas, a barragem sangrou, mas a situação está sob controle”, afirmou.

A chuvarada foi registrada em vários outros municípios do sul do Piauí, como Patos do Piauí, Paulistana, Picos e Lagoa do Barro do Piauí. O INMET emitiu um aviso nesta quinta-feira (9) informando a previsão de mais chuvas intensas na região.

O boletim meteorológico prevê chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). Mas com baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Fonte: G1

Ele1 - Criar site de notícias