Quinta, 28 de Janeiro de 2021
86 9.9458-5206
Geral Fatalidade

Mulher de 35 anos morre eletrocutada em frente ao HGV, em Teresina

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, para realizar os atendimentos iniciais, porém, ao chegar no local já não havia mais nada a ser feito.

30/11/2020 16h18 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Mulher de 35 anos morre eletrocutada em frente ao HGV, em Teresina

Uma mulher identificada como Maria Lucélia Amarante da Silva, de 35 anos, morreu eletrocutada no final da manhã desta segunda-feira (30), por volta de 11h, próximo a um dos trailers na Avenida Frei Serafim, em frente ao Hospital Getúlio Vargas, no Centro de Teresina.

Segundo o Coordenador de Policiamento de Unidade do 1º Batalhão da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), capitão Sousa Marques, populares relataram que outras pessoas já haviam sofrido descarga elétrica no trailer em que Maria Lucélia acabou encostando e foi a óbito imediatamente após sofrer a descarga elétrica.

“Essa senhora morreu após encostar em um trailer perto do Hospital Getúlio Vargas. Algumas pessoas já haviam reclamado que esse trailer dava choque. O perito nos confirmou que foi choque elétrico, foi realizado um aterramento mal feito e veio a tirar a vida dessa senhora. Ela pisou em cima do aterramento e sofreu a descarga elétrica”, informou o capitão.

Ainda segundo o capitão Sousa Marques, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, para realizar os atendimentos iniciais, porém, ao chegar no local já não havia mais nada a ser feito. Após mais de três horas de espera, o Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML) se descolou até o local e removeu o corpo da vítima.

Com informações do GP1

Direto de Teresina
Sobre Direto de Teresina
Notícias de Teresina Piauí.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias