Sábado, 17 de Abril de 2021
86 9.9458-5206
Saúde Descumprimento

15 estabelecimentos são fechados por descumprirem decreto estadual em Teresina

De acordo com a PM, foram fiscalizados 216 bares e restaurantes, 472 veículos e 654 pessoas em todo o Piauí no primeiro dia em que o decreto entrou em vigor.

25/02/2021 18h58 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Bares e restaurantes são fiscalizados e notificados em Teresina após decreto estadual — Foto: Polícia Militar
Bares e restaurantes são fiscalizados e notificados em Teresina após decreto estadual — Foto: Polícia Militar

decreto do Governo do Piauí, que restringe o funcionamento de atividades comerciais e determina o toque de recolher, entrou em vigor na noite desta quarta-feira (24) e, desse modo, a Vigilância Sanitária e Polícia Militar iniciaram as fiscalizações. De acordo com a polícia, 15 estabelecimentos foram fechados por descumprirem as medidas sanitárias em TeresinaAo todo, 216 bares e restaurantes foram fiscalizados no Piauí.

As medidas foram adotadas para tentar conter o agravamento da pandemia da Covid-19 no estado. Elas ficarão em vigor até o dia 4 de março.

O coronel Adriano Lucena, comandante do Policiamento Metropolitano, informou os estabelecimentos fechados estavam funcionando depois do horário estabelecido pelo Governo do Estado, que é até às 22h.

“Avaliamos como tranquila a primeira noite de fiscalização. Teve a presença da vigilância sanitária e esperamos que hoje seja da mesma forma. Quinze estabelecimento nas Zonas Leste, Sudeste e Norte foram flagrados descumprindo o horário”, afirmou o coronel.

Além disso, de acordo com a PM, 472 veículos foram vistoriados e 654 pessoas foram abordadas.

"Estamos procurando orientar as pessoas e estabelecimentos para que cumpram os horários estabelecidos pelo decreto estadual. Em relação ao toque de recolher, pedimos que as pessoas usem o bom senso. Se as pessoas voltarem a repetir o descumprimento do horário, vamos ter que registrar um TCO", comentou o subtenente Vieira, do 5° Batalhão da PM.

Decreto estadual

O novo decreto estadual, com medidas para tentar conter o agravamento da pandemia da Covid-19 no Piauí, foi publicado na noite de terça-feira (23) e segue até o dia 4 de março.

O toque de recolher institui que fica vedada circulação de pessoas em espaços e vias públicas, ou em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, entre as 23h e 5h.

Atividades não consideradas essenciais ficarão suspensas no fim de semana, a partir de 24h da sexta-feira, dia 26 de fevereiro, até às 5h da segunda-feira, 1º de março, todas as atividades econômicas e sociais, com exceção dos seguintes serviços considerados essenciais.

Medidas:

Bares, restaurantes, trailers, lanchonetes, barracas de praia, lojas de conveniência e depósitos de bebidas só poderão funcionar até às 22h (é permitida utilização de som mecânico, instrumental ou apresentação de músico, desde que não gere aglomeração);

Nos estabelecimentos citados acima está vedada a promoção/realização de festas, eventos, confraternizações, dança ou qualquer atividade que gere aglomeração, seja no estacionamento ou no entorno;

O comércio em geral poderá funcionar até às 17h e os shoppings centers das 12 às 21h (o funcionamento ficará suspenso no fim de semana para serviços não considerados essenciais, veja detalhes abaixo);

A permanência em espaços públicos abertos de uso coletivo, como parques, praças, praias e outros, só é permitida com a obediência aos protocolos sanitários, como uso de máscara, e do toque de recolher;

Proibida a realização de festas ou eventos em ambientes abertos ou fechados, promovidos por entes públicos ou pela iniciativa privada, do dia 22 de fevereiro a 4 de março;

Suspensas as atividades que envolvam aglomeração, como eventos culturais, atividades esportivas e sociais, funcionamento de boates, casas de shows e qualquer tipo de estabelecimento que promova atividade festiva em espaço público ou privado, e em ambiente fechado ou aberto, com ou sem venda de ingresso;

Fonte: G1 Piauí

Direto de Teresina
Sobre Direto de Teresina
Notícias de Teresina Piauí.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias