FUNERÁRIA NOVA VIDA - TOPO
JOGOS - POSIÇÃO TOPO - LINK DIRECIONADO
MANOS GRÁFICA - TOPO
TERIM - TOPO
CANAL 121 - TOPO
Implantação

Polícia Militar lança projeto Pelotão Mirim em Regeneração

O Projeto chega a Regeneração em uma parceria entre a Polícia Militar, Ministério Público e Justiça, por meio da promotora e fórum local, e prefeitura municipal.

27/06/2019 19h03Atualizado há 4 meses
Por: Redação

A Policia Militar do Piauí lançou nesta quinta-feira (27), o projeto Pelotão Mirim em Regeneração, que tem como objetivo geral trabalhar a educação complementar de crianças e adolescente, visando a prevenção ou redução da violência e criminalidade, bem como o uso e abusos de drogas. O Projeto chega a Regeneração em uma parceria entre a Polícia Militar, Ministério Público e Justiça, por meio da promotora e fórum local, prefeitura de Regeneração, através da secretaria municipal de educação e 6ª Gerência Regional de Educação.

O lançamento do projeto aconteceu no CETI Aurora Barbosa, e contou com a presença do Juiz da Comarca de Regeneração, Dr. Alberto Franklin de Alencar Milfont, da promotora de justiça Dra. Valesca Caland  Noronha, do capitão João Saraiva da Silva, coordenador  do projeto no estado, do Capitão Juvenilton  Cavalcante, comandante da  2ª CIA, do cabo Giordano, responsável  pela  implantação do projeto, da secretária municipal da educação, Professora  Maria Pereira, de diretores de escolas e de pais de alunos.

Inicialmente o projeto atenderá a 100 crianças das escolas Maria Dolores Neiva, Jose Cavalcante de Oliveira, Petrolina Moreira Ramos e Professora  Carmosina, todas da rede municipal, além das escolas Antônio de Neiva e Aurora Barbosa, da rede  estadual.

Durante a sua fala, a promotora de justiça afirmou que enquanto em outras cidades o índice de criminalidade aumenta, em Regeneração está reduzindo. “Isso é resultado do trabalho do juiz Dr. Alberto, do trabalho do Ministério Público, da polícia e agora da sociedade. Estamos chamando os senhores para fazer parte dessa mudança”, disse Dra. Valesca, completando que gostaria de pedir aos pais e às mães, que se engajem no projeto. “Se todo mundo colaborar vamos viver melhor, vamos poder botar a cadeira na calçada sem ser assaltado, os nossos filhos vão poder ir para a escola até sozinhos e voltar em segurança”, complementou.

O Dr. Aberto Franklin, juiz da comarca de Regeneração, disse dentre outras palavras, que o projeto tem o apoio integral do judiciário local. “O Pelotão Mirim recebe todo o apoio do poder judiciário local, nós temos recursos destinados de processos criminais, para essa atividade, e junto com o apoio da Dra. Valesca”, disse.

CURTA A PÁGINA DO CANAL 121 NO FACEBOOK

“Quero dizer aos senhores que é uma imensa satisfação fazer parte, ainda que com uma pequena contribuição, deste esforço para que se desenvolva com seriedade, que os senhores pais possam confiar na polícia militar, que é quem está na linha de frente do combate a violência. Também queria pedir aqui aos pais, aos avós, que  procurem aconselhar seus filhos, aqueles que tem mais idade, tem mais experiência, e que possam olhar para nossas crianças como o futuro do nosso país”, disse o Dr. Aberto Franklin.

Na oportunidade falou também a secretária municipal de educação, professora Maria Pereira, representando a administração municipal, que entra na parceria com o fornecimento do fardamento e alimentação dos mirins. A secretária afirmou que tomou conhecimento de um projeto em conversa com a promotora de justiça, que já havia um projeto neste sentido tentado em 2017, mas não teve continuidade. “Dificuldades não vão faltar, agora com a vontade que a gente tem de melhorar é o que vale apena. Não pensem que é fácil, tem muitos problemas, mas junto com nossos colaboradores a gente vence a batalha”, disse a secretária.

O projeto terá inicio no dia 07 de julho e será coordenado pelo cabo Giordano com o apoio de vários parceiros dentre estes o Instituto Animus e ABRAC capoeira. O projeto conta com apoio integral do prefeito Dr. Hermes Júnior, prefeito de Regeneração.

O coordenador do projeto Pelotão Mirim, capitão João Saraiva, fez uma analogia entre a polícia militar e medicina, em relação às especialidades, afirmando que neste caso a especialidade é a polícia comunitária. O capitão é especialista na área, com curso feito no Japão, o berço da polícia comunitária no mundo todo.

“Estou falando isso para dizer que o único caminho para a segurança pública é a parceria, só é possível prestar um serviço de segurança pública com qualidade que tenha eficácia se todos se envolverem, por que não adianta fazer uma segurança só pessoal e de sua família, se seus filhos vão ter que conviver com outras pessoas o tempo todo em todos os locais”, disse o capitão João Saraiva.

No final o capitão agradeceu a parceria com a justiça e ministério público e fez a apresentação do projeto para as famílias.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários